2020

Técnico do Sport começa a planejar próxima temporada

Guto Ferreira, porém, não confirmou sua permanência no time ainda

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 01/12/2019 às 8:06
Notícia
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Guto Ferreira, porém, não confirmou sua permanência no time ainda - FOTO: Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

Guto Ferreira até evita falar como técnico do Sport na temporada 2020, mas ele já deixa bem claro que deve continuar no comando do time ao traçar um planejamento do que deve ser feito no início do ano. Afinal, na próxima temporada, o Leão volta à Copa do Nordeste e também ao calendário cheio no primeiro semestre.

O primeiro jogo do time é no dia 19 de janeiro, pelo Campeonato Pernambucano, no clássico contra o Náutico, reeditando a final de 2019. A segunda rodada do estadual acontece três dias depois, contra o Vitória, e, no dia 25 de janeiro, o Sport recomeça sua trajetória no Nordestão, diante do CSA.

Com tantos jogos em tão pouco tempo, Guto Ferreira pretende usar um time principal no regional e colocar jogadores mais jovens para a disputa do Pernambucano. "Nós temos pouquíssimo tempo de preparação. Temos de 18 a 23 dias até o primeiro jogo. É um tempo muito curto. A gente montando a equipe, definindo uma equipe titular, essa não deveria estrear no campeonato estadual", disse.

O técnico explicou que essa equipe para o Pernambucano deve ter, além dos mais novos, uma mescla com jogadores que não estejam atuando efetivamente como titulares. Ou até mesmo aqueles em uma fase mais avançada de preparação física. "Isso seria a ideia. Agora, entre ideia e execução tem um caminho que depende da sustentação da direção", emendou o comandante rubro-negro.

O treinador afirma que o planejamento é o caminho "mais consciente" para elevar a condição física dos atletas na disputa das competições e chegar bem ao Campeonato Brasileiro da Série A. Mas, sem abdicar. "Tem que conseguir jogar o jogo e não entrar com força total em tudo. Se entrar com força total em tudo, está fadado a ter jogadores lesionados, começa a desandar, não tem condição de ter equilíbrio de trabalho e elevação de qualidade, estruturação e formatação de equipe", completou Guto Ferreira.

Últimas notícias