campeonato pernambucano

Jogadores exaltam base do Sport no empate diante do Náutico

Náutico e Sport empataram por 1x1 no primeiro clássico da temporada de 2020, nos Aflitos. A partida foi marcada por dois gols contra

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 19/01/2020 às 18:54
Notícia
Léo Motta/JC Imagem
Náutico e Sport empataram por 1x1 no primeiro clássico da temporada de 2020, nos Aflitos. A partida foi marcada por dois gols contra - FOTO: Léo Motta/JC Imagem
Leitura:

Os jogadores do Sport exaltaram o desempenho dos atletas da base e ficaram na bronca com a arbitragem no empate por 1x1 entre Náutico e Sport, em partida válida pela estreia no Campeonato Pernambucano, neste domingo, no estádio dos Aflitos. O Leão entrou em campo com apenas quatro titulares por conta da impossibilidade de registrar seus jogadores na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

"A gente fez um jogo equilibrado. Mostramos a força da base, apesar dos três cascudos: Elton, Sander e Willian Farias. A gente foi um pouco criticado na Copinha (Copa São Paulo de Futebol Júnior), mas a gente está se preparando para um grande campeonato. Tenho certeza que a base vai dar conta do recado quando for acionada", garantiu Pedro Maranhão. O volante Willian Farias analisou a partida e também falou sobre a responsabilidade dos garotos da base.

"Competimos da maneira que esse clássico merece. Foram poucas chances criadas. O placar foi justo. E agradecer porque ninguém se machucou. A gente não está no ideal física e tecnicamente. Então vamos agradecer poque ninguém foi lesionado e podemos seguir a preparação", comentou Willian Farias, que completou sobre os colegas da base. "Sem dúvida porque eles jogam numa grande equipe que é o Sport. A gente passou a responsabilidade para eles e ajudou no que foi possível. Parabenizamos pela personalidade e pelo resultado", comentou.

GOL ANULADO

Adryelson também exaltou a união dos atletas e lembrou seu gol anulado, aos 26 do segundo tempo. "Nós que somos da base temos que fazer o  máximo possível para honrar a camisa. Ficar o máximo unido e trabalhar para conquistar o título. Ali no meu gol marcaram o impedimento e disseram que não estava impedido, enfim...", falou o rubro-negro. Já o atacante Elton criticou a arbitragem de Michelangelo Almeida Júnior. "Muito difícil falar de arbitragem. Deu para perceber no mínimo o pênalti. Ele chegou na frente e acabou dando falta do Ronaldo, mas foi pênalti. Enfim...é deixar isso de lado e pensar no próximo jogo", comentou o atacante Elton.    

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias