Educação

Governo do Japão oferece bolsas de estudo a brasileiros

Serão ofertadas vagas para os interessados em graduação, escola técnica, curso profissionalizante e pesquisa acadêmica

Eduardo Rolemberg
Eduardo Rolemberg
Publicado em 29/04/2019 às 13:05
Notícia
Agência Brasil
Serão ofertadas vagas para os interessados em graduação, escola técnica, curso profissionalizante e pesquisa acadêmica - FOTO: Agência Brasil
Leitura:

Para quem quer estudar fora do Brasil, adquirir conhecimento e ainda conhecer uma nova cultura, uma boa oportunidade será ofertada pelo governo do Japão. A partir de maio serão abertas inscrições para o programa anual de bolsas de estudos para estrangeiros.

As bolsas oferecidas em instituições japonesas, por meio do Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão, serão para cursos de graduação, escola técnica, curso profissionalizante e pesquisa acadêmica (pós-graduação).

O programa de bolsas inclui o pagamento da passagem aérea, isenção de taxas escolares e ajuda de custo mensal. A partida dos selecionados está prevista a partir de abril de 2020.

Seleção

Para o programa de pesquisas, as inscrições vão de 2 a 29 de maio. Podem se candidatar pessoas com ensino superior completo e idade máxima de 34 anos em abril de 2020. No caso das bolsas de graduação, escola técnica e curso profissionalizante, serão aceitos candidatos com ensino médio concluído até 2019 e com até 24 anos de idade em abril de 2020. As inscrições vão de 3 a 28 de junho.

O calendário vale para candidatos que morem no Distrito Federal, Goiás e Tocantins. Os candidatos de outras regiões devem consultar informações no consulado local.

O processo seletivo inclui uma prova de língua japonesa, uma de língua inglesa, avaliação de projeto de pesquisa e uma entrevista.

Outras informações sobre as inscrições e detalhes do programa estão disponíveis no site da Embaixada do Japão.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias