cortes

MEC estuda 'descentralizar investimentos' de faculdades de humanas, diz Bolsonaro

Presidente sugeriu que áreas não geram retorno imediato ao contribuinte

Elton Ponce
Elton Ponce
Publicado em 26/04/2019 às 9:17
Notícia
Foto: AFP
Presidente sugeriu que áreas não geram retorno imediato ao contribuinte - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro sugeriu nesta sexta-feira (26) que fará corte de investimento em faculdades de filosofia e sociologia. De acordo com o presidente, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, avalia "descentralizar investimento" nessas áreas.

"Alunos já matriculados não serão afetados. O objetivo é focar em áreas que gerem retorno imediato ao contribuinte, como: veterinária, engenharia e medicina.", tuitou o presidente. 

Segundo Bolsonaro, a função do governo é ensinar jovens a ler, escrever e fazer conta e ensinar um ofício que gere renda e bem-estar. 

Prazos

O presidente não explicou como seria essa descentralização de investimentos, tampouco quando ela seria feita.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias