'VINGADORES'

Prefeito do Rio manda censurar HQ com beijo gay; Bienal se recusa

Marcelo Crivella solicitou a Bienal do Livro que o gibi fosse lacrado e contivesse com classificação indicativa na capa

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 06/09/2019 às 11:25
Notícia
Foto: Reprodução
Marcelo Crivella solicitou a Bienal do Livro que o gibi fosse lacrado e contivesse com classificação indicativa na capa - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, mandou censurar a história em quadrinhos "Vingadores: A cruzada das crianças" da Bienal do Livro, no Riocentro. Em vídeo publicado nas redes sociais, o prefeito afirma que o gibi possui "conteúdo sexual para menores".

“A Prefeitura do Rio de Janeiro determinou que os organizadores da Bienal do Livro recolhessem esse livro [Vingadores - A Cruzada das Crianças], que traz conteúdo sexual para menores”, disse Crivella.

A HQ mostra, em uma de suas 264 páginas, a imagem de dois rapaz se beijando.

RESPOSTA

A organização do evento, por sua vez, alegou que a prefeitura mandou uma notificação extrajudicial para a Bienal, pedindo que os livros fossem lacrados e viessem com uma classificação indicativa ou aviso de que há material ou cenas proibidas para menores de idade, mas não foi solicitado o recolhimento.

“Livros assim precisam estar embalados em plásticos preto lacrado e, do lado de fora, avisando o conteúdo. Portanto, a Prefeitura do Rio de Janeiro está protegendo os menores da nossa cidade”, disse no vídeo o prefeito.

A Bienal, por sua vez, negou o pedido ao alegar que o conteúdo não é impróprio e nem pornográfico. Em nota, a comissão do evento ainda disse que “dá voz a todos os públicos, sem distinção, como uma democracia deve ser. Este é um festival plural, onde todos são bem-vindos e estão representados.”

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias