CRIMES

Brumadinho: PF indicia 7 funcionários da Vale e 6 da TÜV SÜD

As duas empresas também foram indiciadas

Foto: DOUGLAS MAGNO/AFP
As duas empresas também foram indiciadas - FOTO: Foto: DOUGLAS MAGNO/AFP
Leitura:

A Polícia Federal indiciou, na noite da quinta-feira, 19, sete funcionários da mineradora Vale e seis membros da consultora TÜV SÜD pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documentos falsos envolvendo a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais. As duas empresas também foram indiciadas.

A Vale diz ter tomado conhecimento nesta sexta-feira, 20, dos resultados do inquérito relativo ao rompimento da barragem do Córrego do Feijão.

A mineradora informou que avaliará detalhadamente o conteúdo do resultado do inquérito antes de fazer qualquer manifestação e que a "empresa e seus executivos continuarão contribuindo com as autoridades e responderão às acusações no momento e ambiente oportunos".

Até o fechamento deste texto, a reportagem não havia obtido um posicionamento da TÜV SÜD.

Brumadinho

O rompimento da barragem em Brumadinho, em janeiro, liberou uma onda de lama e rejeitos de mineração, que atingiu mata, comunidades e rios da região. A tragédia deixou mais de 240 mortos.

Últimas notícias