ESTÁTUA DA LIBERDADE

Incêndio destrói estátua da Havan e dono da rede de lojas diz que foi terrorismo

Luciano Hang, dono da Havan, é conhecido por ser apoiador de Jair Bolsonaro

JC Online
JC Online
Publicado em 31/12/2019 às 13:48
Foto: Reprodução/Twitter
Luciano Hang, dono da Havan, é conhecido por ser apoiador de Jair Bolsonaro - FOTO: Foto: Reprodução/Twitter
Leitura:

Um incêndio destruiu uma réplica da Estátua da Liberdade da rede de lojas Havan, em São Carlos, no interior de São Paulo, na manhã desta terça-feira (31), de acordo com a Folha de S. Paulo. 

Luciano Hang, dono da Havan e conhecido por ser forte apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), publicou um vídeo afirmando que o incêndio se tratou de terrorismo e um ataque à democracia.

Investigação 

A Secretaria de Segurança Pública a representante da loja foi ouvida e que a equipe da polícia aguarda o resultado da perícia, enquanto busca por mais informações que possam ajudar a esclarecer os fatos.

O dono da rede Havan afirmou que às 15h desta terça fará uma live para falar mais sobre o assunto.

Últimas notícias