Ucrânia

Novas sanções contra Rússia podem ser canceladas com cessar-fogo na Ucrânia, diz Londres

Nesta sexta-feira ucranianos e russos participarão de negociações buscando o fim das hostilidades

Giovanna Torreão
Giovanna Torreão
Publicado em 05/09/2014 às 7:50
Leitura:

O Ocidente está decidido a impor novas sanções econômicas contra a Rússia para depois anulá-las se houver um cessar-fogo na Ucrânia, disse nesta sexta-feira o ministro britânico das Relações Exteriores, Philip Hammond.

"O mais razoável é seguir adiante com nosso plano de impor novas sanções. Se depois ocorrer um cessar-fogo, se for assinado e entrar em vigor, poderemos considerar anular as sanções", disse Hammond à BBC a partir de Newport, no Reino Unido, onde a Otan realiza uma cúpula.

"Ainda há muito ceticismo sobre a materialização e a aplicação do cessar-fogo. Sempre podemos cancelá-las. Mas no momento não queremos nos distrair de nossa determinação de impor novas sanções para responder à grande incursão de forças russas na Ucrânia", argumentou.

Nesta sexta-feira ucranianos e russos participarão de negociações buscando o fim das hostilidades, sobre as quais o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, expressou um otimismo prudente.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias