Tragédia

Indonésia lembra as vítimas do tsunami de 2004

Série de ondas gigantescas deixaram 220.000 mortos em 14 países do sudeste asiático

Da AFP
Da AFP
Publicado em 25/12/2014 às 16:32
Foto: CHAIDEER MAHYUDDIN / AFP
Série de ondas gigantescas deixaram 220.000 mortos em 14 países do sudeste asiático - FOTO: Foto: CHAIDEER MAHYUDDIN / AFP
Leitura:

Dez anos depois do tsunami que matou 220.000 pessoas e atingiu as zonas costeiras de 14 países no sudeste asiático, milhares de pessoas participaram nesta quinta-feira de uma cerimônia na província indonésia de Aceh, epicentro do desastre.

Religiosos muçulmanos, sobreviventes do tsunami e os integrantes das equipes de resgate assistiram a uma celebração que reuniu cerca de 7.000 pessoas, entre homens, mulheres e crianças, na mesquita de Baiturrahman, em Banda Aceh.

"O tsunami provocou uma tristeza profunda aos habitantes de Aceh que perderam seus entes queridos", declarou o governador da província, Zaini Abdulah, diante da multidão reunida na mesquita de Baiturrahman, um dos poucos prédios que resistiu ao abalo do terremoto que deixou 170.000 mortos e desaparecidos no país.

Ele agradeceu aos indonésios e à comunidade internacional pela ajuda, que permitiu que Aceh "volte a se levantar".

No dia 26 de dezembro de 2004, um sismo de magnitude 9,3 na escala Richter provocou uma série de ondas gigantescas que atingiram a costa da Indonésia, e chegaram a países como Tailândia, Sri Lanka e Somália.

Outras cerimônias são esperadas para sexta-feira de manhã, em Aceh, onde as ondas chegaram primeiro, e na Tailândia, onde milhares de velas devem ser acesas nas praias turísticas de Phuket e Khao Lak.

Também haverá eventos no Sri Lanka e em várias capitais europeias, em memória dos estrangeiros que morreram na tragédia.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias