eua

Obama elogia tropas mobilizadas no Afeganistão antes do fim da missão

A Otan conclui em 31 de dezembro uma mobilização militar que começou em 2001 para lutar contra os talibãs

Da AFP
Da AFP
Publicado em 26/12/2014 às 8:38
Foto: NICHOLAS KAMM / AFP
A Otan conclui em 31 de dezembro uma mobilização militar que começou em 2001 para lutar contra os talibãs - FOTO: Foto: NICHOLAS KAMM / AFP
Leitura:

O presidente americano, Barack Obama, elogiou a "extraordinária dedicação e sacrifício" dos combatentes mobilizados no Afeganistão, em um discurso de Natal para as tropas no Havaí, a poucos dias do fim da missão da Otan no país asiático.

Depois de passar o Natal com família em seu tradicional recesso de fim de ano no Havaí, seu estado natal, Obama e a primeira-dama, Michelle, visitaram uma base de marines.

Durante um jantar de Natal, o presidente americano pegou o microfone para agradecer aos militares por seu "extraordinário trabalho", que segundo ele é o que permite aos Estados Unidos entregar o comando da missão de segurança às forças afegãs.  

"Estamos em uma guerra contínua há 13 anos. Na próxima semana vamos encerrar nossa missão de combate no Afeganistão", disse Obama à tropa, que aplaudiu o presidente.

A Otan conclui em 31 de dezembro uma mobilização militar que começou em 2001 para lutar contra os talibãs, que em 2001 chegou a contar com um contingente de quase 140.000 militares. 

Neste mês, a Organização do Tratado do Atlântico Norte realizou uma cerimônia na principal base de operações, no aeroporto de Cabul, para marcar o fim da missão de combate.  

Após a saída da maior parte das tropas, o país contará a partir de janeiro com 12.500 soldados que atuarão como instrutores, o que provoca preocupações sobre a segurança no país, após uma onda de ataques dos talibãs. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias