África

Grupo Boko Haram ataca base militar e várias aldeias no Nordeste da Nigéria

Os combatentes do Boko Haram atacaram as aldeias de pescadores de Kuayen Kuros, Mile 3, Mile 4, Doron-Baga e Bundaram

Da ABr
Da ABr
Publicado em 05/01/2015 às 9:02
Foto: BOKO HARAM / AFP
Os combatentes do Boko Haram atacaram as aldeias de pescadores de Kuayen Kuros, Mile 3, Mile 4, Doron-Baga e Bundaram - FOTO: Foto: BOKO HARAM / AFP
Leitura:

O grupo islâmico nigeriano Boko Haram passou a controlar, desde sábado (3), uma base militar e várias áreas vizinhas no Nordeste da Nigéria, ao longo das margens do Lago Chade, segundo testemunhas nesse domingo (4).

Os combatentes do Boko Haram atacaram as aldeias de pescadores de Kuayen Kuros, Mile 3, Mile 4, Doron-Baga e Bundaram, assim como as cidade de Baga, provocando a fuga de centenas de habitantes em direção ao Chade, segundo as testemunhas.

Perto de Baga, os militantes do grupo islâmico tomaram o controle de uma base militar, depois de várias horas de combates, dizem os moradores.

Na base militar estão militares da Nigéria e do Chade, na coordenação regional da luta contra o Boko Haram e ainda não era conhecida qualquer informação oficial acerca da presença de soldados na base durante o ataque.

Entretanto, segundo o morador de Baga, Lawan Ajukalumbu, que fugiu, várias pessoas foram mortas, diversas lojas e casas queimadas durante o ataque, que se prolongou por cerca de sete horas.

Membros do Boko Haram raptaram 40 jovens de uma aldeia em Malari, no estado de Borno, no Nordeste da Nigéria. Embora o rapto tenha ocorrido na véspera do Ano Novo, a notícia se tornou pública no sábado (2), depois que um grupo de aldeãos em fuga chegou à capital do estado, Maiduguri, pedindo ajuda.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias