Acidente aéreo

Airbus 320 com 150 pessoas a bordo cai nos Alpes franceses

Ministério do Interior francês informou ter encontrado destroços da aeronave no sudeste da França

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 24/03/2015 às 8:12
Foto: PASCAL PAVANI / AFP
Ministério do Interior francês informou ter encontrado destroços da aeronave no sudeste da França - FOTO: Foto: PASCAL PAVANI / AFP
Leitura:

Atualizada às 9h55

Um Airbus A320, com 150 pessoas a bordo, caiu hoje (24) nos Alpes franceses, na região de Digne, segundo fontes de segurança. O voo, que tinha a bordo 144 passageiros e seis tripulantes, partiu de Barcelona para Dusseldorf, segundo a Direção Geral de Aviação Civil. De acordo com fontes das forças de segurança, o avião, que tem capacidade para transportar entre 150 e 180 pessoas, pertence à companhia Germanwings, filial de voos de baixo custo da alemã Lufthansa. 

O secretário de Estado dos Transportes da França, Alain Vidalies, afirmou que “não há nenhum sobrevivente” entre os ocupantes do avião. A maioria dos passageiros era de cidadãos alemães que regressavam ao país depois de férias em Barcelona e Palma de Maiorca, segundo trabalhadores da Swissport, a empresa de handling que trabalha para a companhia alemã. O Presidente da França, François Hollande, também falou em passageiros espanhois e provavelmente turcos.

Segundo o portal de notícias La Provence.com, o organismo responsável pela aviação civil na França, confirmou a queda do avião no vale de Haute-Bléone, no maciço de Trois Évêchés. A aeronave saiu por volta das 9h47 da Alemanha, e tinha previsão de 2h20 de vôo. O jornal Le Figaro informou que o aparelho desapareceu dos radares cerca de uma hora e vinte minutos depois que decolou de Barcelona, quando sobrevoava a região de Barcelonnette, no Sul de França. “Houve um pedido de ajuda registrado às 10h47, que mostrava que o avião estava a 5 mil pés (1.524 metros de altitude), em uma situação anormal”, disse o secretário de Estado  acrescentando que o acidente ocorreu “pouco depois” desse sinal.

O ministério do Interior francês informou ter encontrado destroços da aeronave na região de Barcelonnette (sudeste da França). O La Provence.com informa que veículos do Corpo de Bombeiros se dirigem para a área do acidente. O primeiro-ministro, Manuel Valls, informou à televisão BMFTV que o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, seguirá imediatamente para o local.

Últimas notícias