Prorrogação

Grécia pediu ao FMI mais tempo para pagar a dívida

O vice-primeiro-ministro grego, Ioannis Dragasakis, declarou nesta terça-feira (30) à televisão pública ERT que seu país pediu uma prorrogação do pagamento de 1,5 bilhão de euros que vence à meia-noite do horário local

Da AFP
Da AFP
Publicado em 30/06/2015 às 18:52
Foto: LOUISA GOULIAMAKI/  AFP
O vice-primeiro-ministro grego, Ioannis Dragasakis, declarou nesta terça-feira (30) à televisão pública ERT que seu país pediu uma prorrogação do pagamento de 1,5 bilhão de euros que vence à meia-noite do horário local - FOTO: Foto: LOUISA GOULIAMAKI/ AFP
Leitura:

O vice-primeiro-ministro grego, Ioannis Dragasakis, declarou nesta terça-feira (30) à televisão pública ERT que seu país pediu uma prorrogação do pagamento de 1,5 bilhão de euros que vence à meia-noite do horário local (19H00 de Brasília).

"Apresentamos ao FMI um pedido para que tome a iniciativa de prorrogar o pagamento no mês de novembro", afirmou Dragasakis, explicando que a medida permitiria à Grécia evitar a moratória.

A Grécia utiliza, assim, uma disposição dos estatutos do  FMI, que permite "a petição de um Estado-membro" e sem que haja necessidade de votação para "prorrogar" a data de pagamento da dívida entre 3 e 5 anos, o que corresponde à duração de seus empréstimos.

O conselho de administração do FMI, que representa seus 188 membros, se reuniu às 20H30 GMT (17H30 horário de Brasília) para se pronunciar em relação ao pedido, informou à AFP uma fonte próxima às negociações.

Últimas notícias