TUFÃO ETAU

Chuvas no Japão deixam um desaparecido e casas destruídas

90 mil pessoas receberam ordem para abandonar suas casas, e outras 80 mil foram aconselhadas a se retirar

Da AFP
Da AFP
Publicado em 10/09/2015 às 9:09
Foto: JIJI PRESS / AFP
90 mil pessoas receberam ordem para abandonar suas casas, e outras 80 mil foram aconselhadas a se retirar - FOTO: Foto: JIJI PRESS / AFP
Leitura:

O Japão era castigado por chuvas torrenciais nesta quinta-feira (10), que provocaram o transbordamento dos rios, destruíram casas e deixaram uma pessoa desaparecida, informaram as autoridades.

A agência nacional de meteorologia difundiu "alertas especiais" para as prefeituras de Tochigi e Ibaraki, ao norte de Tóquio.

"O risco de deslizamentos é muito importante", disse Takuya Deshimaru, responsável da agência nacional, para quem estas chuvas "são de uma magnitude desconhecida até o momento".

Na prefeitura de Tochigi, 90 mil pessoas receberam ordem para abandonar suas casas, e outras 80 mil foram aconselhadas a se retirar, informou a rede de televisão NHK.

Na prefeitura de Ibaraki, 20 mil pessoas foram obrigadas a sair de suas residências.

Os rios transbordados arrastaram casas na zona de Tochigi, revelaram imagens de TV.

As equipes de resgate procuravam na manhã desta quinta uma pessoa desaparecida, que pode ter sido arrastada por um deslizamento de terra, informou um responsável da cidade de Kanuma, na prefeitura de Tochigi. "No momento não conhecemos sua identidade".

A rede de televisão NHK informou que trata-se de uma mulher de cerca de 60 anos, sepultada por um rio de lama que destruiu sua casa.

A passagem do tufão Etau, que se dirige para noroeste após varrer o centro do país, deixou nesta quarta-feira uma dezena de feridos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias