TECNOLOGIA

Aparelho Galaxy Note 7 da Samsung volta a pegar fogo

Desta vez, o aparelho que já havia sido trocado pela empresa, voltou a pegar fogo no bolso de um homem

JC Online
JC Online
Publicado em 05/10/2016 às 16:43
Foto: Brian Green
Desta vez, o aparelho que já havia sido trocado pela empresa, voltou a pegar fogo no bolso de um homem - FOTO: Foto: Brian Green
Leitura:

Mesmo após a empresa Samsung ter realizado um recall por conta de um defeito da bateria dos celulares Galaxy Note 7, os aparelho continuam a pegar fogo. Desta vez, o incidente aconteceu durante um voo nos Estados Unidos, e o aparelho queimado já havia sido trocado pela empresa.

O aparelho Galaxy Note 7 pegou fogo nesta quarta-feira (5) no voo 994 da Southwest Airlines, que ia do estado de Maryland para o Kentucky. Brian Green, o dono do celular, disse a um jornal que o aparelho já havia sido trocado pela operadora AT&T no dia 21 de setembro. 

A unidade trazia os sinais de segurança, como o ícone de bateria na cor verde e o símbolo preto na caixa do aparelho, que indicam que o aparelho (teoricamente) não tinha bateria defeituosa.

Green afirmou que desligou o Galaxy Note 7 com aproximadamente 80% de carga e guardou o aparelho em seu bolso, como solicitado pela tripulação antes da decolagem. O smartphone então começou a esquentar e foi jogado pelo homem no chão da aeronave.

O Galaxy Note 7 apenas causou danos ao carpete do Boeing 737. A companhia aérea cancelou o voo e remarcou as viagens dos passageiros. Já a Samsung, em comunicado ao Business Insider, declarou que “não há evidências de que o incidente esteja relacionado ao novo Note 7”, segundo o Tecnoblog.

Outros casos

Por conta de outras explosões, a Samsung suspendeu a venda dos aparelhos Galaxy Note 7. A empresa havia anunciado que 2,5 milhões de terminais seriam substituídos.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias