ALIANÇAS

Acordo com EUA e Canadá pode ser assinado no G-20, diz autoridade do México

O texto deve substituir o Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (Nafta)

Bianca Sousa
Bianca Sousa
Publicado em 27/11/2018 às 13:11
Foto: Pedro Pardo/AFP
O texto deve substituir o Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (Nafta) - FOTO: Foto: Pedro Pardo/AFP
Leitura:

Indicado para comandar a Secretaria da Fazenda e Crédito Público do México do próximo governo, Carlos Urzúa afirmou na noite da segunda-feira (26) que as autoridades do país podem firmar um acordo comercial reformulado com os Estados Unidos e o Canadá durante a cúpula do G-20, que se celebra na Argentina nesta semana. "Todas as possibilidades" apontam para isso, segundo ele, que integrará o governo de Andrés Manuel López Obrador, que toma posse em 1º de dezembro.

Substituição do Nafta

Urzúa lembrou que o acordo precisa ainda ser ratificado pelo Legislativo dos três países envolvidos. O texto deve substituir o Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (Nafta, na sigla em inglês), renegociado neste ano e renomeado oficialmente em espanhol como Tratado entre México, Estados Unidos e Canadá (T-MEC), ou USMCA na sigla em inglês. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias