EUA

'Google manipulou votos na eleição de 2016 e deveria ser processado', diz Trump

Segundo o presidente dos Estados Unidos, a empresa ''manipulou de 2,6 milhões a 16 milhões de votos para Hillary Clinton''

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 19/08/2019 às 14:00
Notícia
Foto: Nicholas Kamm / AFP
Segundo o presidente dos Estados Unidos, a empresa ''manipulou de 2,6 milhões a 16 milhões de votos para Hillary Clinton'' - FOTO: Foto: Nicholas Kamm / AFP
Leitura:

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira (19) que o Google "manipulou de 2,6 milhões a 16 milhões de votos para Hillary Clinton na eleição de 2016". Em mensagem no Twitter, Trump afirmou que o fato foi revelado por um suposto partidário da democrata Hillary, ex-primeira-dama e ex-secretária de Estado, não por um apoiador dele.

"O Google deveria ser processado. Minha vitória foi ainda maior do que o pensado!", afirmou Trump na mensagem, que ainda traz uma referência ao Judicial Watch, uma fundação conservadora que se define como apartidária e promotora da transparência e da integridade no governo.

Ações

Depois da mensagem de Trump, a ação da empresa reduziu um pouco os ganhos, mas manteve-se em patamar positivo, acompanhando o bom humor do mercado acionário americano em geral. Às 13h38 (de Brasília), o papel da Alphabet, controladora do Google, subia 2,01%.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias