eduardo campos

Emoção marca encontro entre Marina e viúva de Eduardo Campos

Marina Silva era vice de Eduardo Campos na candidatura à presidência da República e deve ter seu nome apontado como cabeça da chapa no decorrer da próxima semana

Ulysses Gadêlha
Ulysses Gadêlha
Publicado em 16/08/2014 às 21:25
Foto: Clemilson Campos/Acervo JC Imagem
Marina Silva era vice de Eduardo Campos na candidatura à presidência da República e deve ter seu nome apontado como cabeça da chapa no decorrer da próxima semana - FOTO: Foto: Clemilson Campos/Acervo JC Imagem
Leitura:

Relatos de amigos que estiveram na casa da família Campos disseram que o encontro entre Marina Silva e a viúva Renata Campos, ocorrido na noite deste sábado (16), foi "intenso e emocionante". "Elas se abraçaram muito intensamente", narrou o deputado Miro Teixeira (PROS-RJ). Marina Silva era vice de Eduardo Campos na candidatura à presidência da República e deve ter seu nome apontado como cabeça da chapa no decorrer da próxima semana.

Segundo as testemunhas, Marina chorou e a viúva se mostrou forte mais uma vez, e procurou consolar a companheira de chapa de seu marido. Marina vai acompanhar a família na recepção dos restos mortais das vítimas da tragédia que ocorreu na última quarta-feira, em Santos (SP).

CORPOS DAS VÍTIMAS - Decolaram no início da noite deste sábado (16) os três aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) que levam os corpos do candidato à Presidência, Eduardo Campos (PSB), e das outras seis vítimas do acidente aéreo ocorrido em Santos, no litoral paulista, na última quarta-feira (13). As aeronaves saíram da Base Aérea de Guarulhos com destino ao Recife, a Governador Valadares (MG) e a Maringá (PR).

Um quarto avião também foi disponibilizado pela FAB para levar parentes das vítimas e correligionários do PSB ao Recife. Após a chegada na capital pernambucana, os dois aviões devem seguir para Aracaju (SE), onde será sepultado o assessor do candidato, Pedro Valadares.

Últimas notícias