legislativo

Congresso não tem culpa por perda de grau de investimento pela S&P, diz Renan

O presidente do congresso deu a declaração ao chegar em seu gabinete

Do Estadão Conteudo
Do Estadão Conteudo
Publicado em 10/09/2015 às 14:10
Foto: Edilson Rodrigues  Agência Senado
O presidente do congresso deu a declaração ao chegar em seu gabinete - FOTO: Foto: Edilson Rodrigues Agência Senado
Leitura:

O presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), eximiu o Poder Legislativo de responsabilidade pelo fato de o País ter perdido o grau de investimento pela agência de Standard & Poor's. Na noite desta quarta-feira (9) a agência de classificação de risco colocou o Brasil como grau especulativo e em nota, disse que "os desafios políticos do País continuam aumentando e pesam, cada vez mais, sobre a capacidade e a vontade do governo de submeter ao Congresso um orçamento consistente com uma correção de política significativa sinalizada".

"Não tem (culpa o Congresso). O Congresso alertou, chamou a atenção, se colocou à disposição, apoiou, fez o ajuste, qualificou o ajuste em algumas oportunidades, apresentou uma agenda e está disposto a continuar colaborando para reverter as expectativas. Acho que é o nosso dever", afirmou ele, na chegada a seu gabinete na Presidência do Senado.

Para Renan, o Congresso tem colocado o desafio de sugerir caminhos para reverter a expectativa de rebaixamento do grau de investimento e que o Poder tem colaborado para impedir essa redução. "Temos que fazer o dever de casa, fazer as mudanças estruturais, dar consistência ao gasto público. O Congresso tem colaborado e vai continuar colaborando, vai fazer sua parte", afirmou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias