Operação Lava Jato

Senado decide manter prisão de Delcídio do Amaral por 59 votos a 13

Delcídio está preso na carceragem da Polícia Federal (PF) em Brasília

Da ABr
Da ABr
Publicado em 25/11/2015 às 20:45
Foto: Jane de Araújo/ Agência Senado
Delcídio está preso na carceragem da Polícia Federal (PF) em Brasília - FOTO: Foto: Jane de Araújo/ Agência Senado
Leitura:

O plenário do Senado decidiu manter a prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS). Em votação aberta, os senadores decidiram que o líder do governo deverá ser mantido preso por 59 votos contra 13 e 1 abstenção.

Delcídio está preso na carceragem da Polícia Federal (PF) em Brasília após decisão unânime da segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi levado para a PF nesta quarta (25), pela manhã, na 21ª fase da Operação Lava Jato, quando também foram presos seu chefe de gabinete Diogo Ferreira e o presidente do banco BTG Pactual, André Esteves.

A prisão foi embasada por uma gravação apresentada pelo filho do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, em que o senador oferece R$ 50 mil por mês para a família dele e mais um plano de fuga para que Cerveró deixasse o país. O objetivo de Delcídio era evitar que o ex-diretor fizesse acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal.

ENTREVISTA À RÁDIO JORNAL
Muito antes da prisão, o senador Delcídio do Amaral concedeu uma entrevista ao programa de Geraldo Freire, na Rádio Jornal, na qual celebrou a então vitória governista no Congresso Nacional sobre a manutençao dos vetos da presidente Dilma Rousseff (PT). Ouça o aúdio completo.

Últimas notícias