Câmara dos Deputados

Rodrigo Maia é o novo presidente da Câmara dos Deputados

Aliado de Eduardo Cunha, Maia teve como base a antiga oposição ao governo, o PSDB e o própio DEM

JC Online
JC Online
Publicado em 14/07/2016 às 0:13
Foto: Agência Câmara
Aliado de Eduardo Cunha, Maia teve como base a antiga oposição ao governo, o PSDB e o própio DEM - FOTO: Foto: Agência Câmara
Leitura:

Com 285 votos, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito o novo presidente da Câmara dos Deputados. Aliado de Eduardo Cunha, Maia teve como base a antiga oposição ao governo, o PSDB e o própio DEM, numa candidatura que media forças com o chamado 'centrão', partidos que fazem parte da base do governo interino de Michel Temer e apoiavam a candidatura de Rogério Rosso (PSD-DF) no segundo turno eleitoral. Rosso teve apenas 170 votos. Logo após o resultado da votação, alguns deputados gritaram "Fora Cunha".

"Quero agradecer pela disputa limpa. Isso foi importante. Quero agradecer à minha família, ao meu pai, minha mãe, esposa, meus quatro filhos. Quero agradecer ao PSDB, aos partidos que me ajudaram no segundo turno", disse Maia, que, entre tantos deputados, citou o nome do pernambucano Jarbas Vasconcelos.

Maia é Deputado Federal desde 1999, ingressou na Casa pelo PFL e PTB antes de se filiar ao DEM. O parlamentar foi a favor da abertura do processo de impeachment contra Dilma Rousseff e recebeu doações no valor de R$ 10 mil, para campanha, da empresa JBS, implicada em investigações da Lava Jato.

Em seu discruso no plenário, Rodrigo relembrou os feitos de outros presidentes da Casa e elogiou o presidente interino Michel Temer. No primeiro turno da eleição, o parlamentar recebeu 120 votos.

O deputado ainda mencionou o senador Aécio Neves (PSDB-MG) como um exemplo de presidente na capacidade de ouvir e negociar com os diversos setores da Câmara dos Deputados.

O novo presidente irá comandar a Casa até fevereiro de 2017, quando uma nova eleição definirá o presidente para o mandato de dois anos.

Processo Eleitoral

Quatorze deputados se inscreveram para a disputa. O resultado do primeiro turno foi definido a partir da votação de maioria simples da Casa, 257 votos. Em votação secreta, os parlamentares utilizaram cabines para escolher o novo nome a presidir a Câmara dos Deputados.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias