Eleições 2016

Vereador de Jaboatão pede impugnação de candidatura de Heraldo Selva

O pedido foi aberto nesta quarta-feira (17) pelo vereador do município Ricardo Valois (PR)

Aline Araújo
Aline Araújo
Publicado em 18/08/2016 às 15:58
Foto: Foto: Marcelo Ferreira/Divulgação
O pedido foi aberto nesta quarta-feira (17) pelo vereador do município Ricardo Valois (PR) - FOTO: Foto: Foto: Marcelo Ferreira/Divulgação
Leitura:

O vereador Ricardo Valois (PR) pediu à Justiça Eleitoral a impugnação da candidatura de  Heraldo Selva (PSB) a prefeito de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. A solicitação aconteceu nesta quarta-feira (18). A assessoria de Selva, candidato do atual prefeito Elias Gomes (PSDB), diz que não há motivo para questionar a conduta dele e atribui a denúncia ao adversário Anderson Ferreira (PR), do mesmo partido do vereador. 

Valois diz ter recebido uma série de documentações que dão conta da condenação de Heraldo pelo recebimento, e não conclusão, de uma obra no município de Aliança. Na documentação estaria confirmada a condenação do candidato há cinco anos. Ele teria tido a pena reduzida após confissão que também estaria anexada aos arquivos.

“Não existe isso de intriga da oposição. Eu recebi essa documentação e, como vereador, eu tinha a obrigação de realizar a denúncia. Eu não tenho nada contra a pessoa do candidato, mas ele precisa explicar isso na Justiça” disse, Valois.

De acordo com a Lei da Ficha Limpa, criada por meio de iniciativa popular com o intuito de combater a corrupção eleitoral e sancionada em 19 de maio de 2010 pelo Congresso Nacional, os condenados à suspensão dos direitos políticos por ato doloso de improbidade administrativa não podem ter a candidatura registrada. 

A Coligação Frente Jaboatão Avança Mais, da qual Herado Sela faz parte, divulgou nota nesta tarde de quinta-feira (18/08) desqualificando a denúncia e questionando o adversário, deputado Anderson Silva (PR), que disputa o cargo de prefeito. Leia na íntegra:

"A notícia divulgada pelo vereador Ricardo Valois demonstra o desespero dos adversários que já perceberam que o povo de Jaboatão não quer ser enganado. É um assunto requentado, que já foi discutido na eleição de 2012, e que serve apenas para os objetivos de Valois e seus aliados, dentre eles o candidato do passado, Anderson Ferreira.

O processo ao qual ele se refere foi extinto pela Justiça Federal, desde 2011. A extinção do processo pela Justiça acaba de uma vez por todas com qualquer discussão a respeito do assunto. A certidão do Tribunal Regional Federal, juntada ao registro, comprova que não há nada contra Heraldo Selva. 

Heraldo Selva é um homem honrado, pai de família dedicado e tem a sua ficha e consciência absolutamente limpas. Engenheiro Civil destacado, Heraldo foi vereador de sua terra, diretor da Compesa, secretário de Habitação do Recife, secretário de Desenvolvimento Urbano de Jaboatão e agora é vice-prefeito de um governo que mudou a história da cidade. Pelos próprios cargos públicos que ocupou, Heraldo cuidou de inúmeras obras em favor da população de Jaboatão, do Recife e de Pernambuco, sem nenhuma condenação pelo Tribunal de Contas.

Mas não vamos descer ao patamar dele, que apenas é o portador do recado. Nosso debate é com o artífice de mais esse factoide, Anderson Ferreira. Ele está desesperado! Sua candidatura não para de definhar desde a entrada do pastor Cleiton Collins na disputa pela prefeitura, a quem, por sinal, nós respeitamos. Anderson sabe que não ganha essa eleição no voto. Tem acesso a pesquisas que mostram o crescimento da candidatura de Heraldo. Assustou-se com o volume de pessoas que já está aderindo ao nosso palanque e partiu para o jogo baixo, da velha política. Não teve nem a dignidade de ele mesmo apresentar a 'denúncia'. Precisou terceirizá-la. Coisa de quem não tem coragem cívica e nem tamanho para ser prefeito de Jaboatão."

 

Últimas notícias