ALTA HOSPITALAR

Ministro Ricardo Salles tem alta e recebe recomendação de repouso por cinco dias

Segundo o diretor-técnico de saúde do Hospital das Forças Armadas, Salles procurou a unidade de saúde com um mal-estar na terça-feira (27)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 28/08/2019 às 17:13
Notícia
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Segundo o diretor-técnico de saúde do Hospital das Forças Armadas, Salles procurou a unidade de saúde com um mal-estar na terça-feira (27) - FOTO: Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Leitura:

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, deixou o hospital na tarde desta quarta-feira (28) e recebeu recomendação de repouso por cinco dias, segundo nota do Hospital das Forças Armadas. A nota é assinada pelo contra-almirante diretor-técnico de saúde do hospital, Nestor Francisco Miranda Júnior.

Segundo o militar, Salles procurou o hospital com um mal-estar na noite de terça-feira (27). "A equipe assistente optou por realizar alguns exames complementares, que foram efetivados durante breve internação", diz a nota. Os resultados dos exames "foram normais", ainda de acordo com o militar.

Segundo uma fonte ouvida pelo Broadcast Político/Estadão, o ministro chegou a ser levado à unidade de terapia intensiva (UTI) e foi submetido a exames cardiológicos.

Mais cedo, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, informou que Salles receberia alta do hospital nesta quarta-feira à tarde. "Foi estresse... vamos dizer.. ambiental", afirmou o ministro da Defesa.

Bolsonaro

Pela manhã, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que Salles teria alta hospitalar em breve. "Ele vai ter alta e vai vir me ver daqui a pouco. Ele está com saudade de mim", disse o presidente rindo, ao ser questionado se pretendia visitar Salles no hospital. Bolsonaro falou rapidamente com jornalistas após participar de cerimônia em homenagem ao Dia do Voluntariado, no Palácio do Planalto.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias