stf

Ao vivo: acompanhe julgamento no STF que pode anular condenações da Lava Jato

Se a Corte anular a condenação, decisão pode beneficiar vários presos da Lava Jato, entre eles o ex-presidente Lula

Foto: Nelson Jr./SCO/STF
Se a Corte anular a condenação, decisão pode beneficiar vários presos da Lava Jato, entre eles o ex-presidente Lula - FOTO: Foto: Nelson Jr./SCO/STF
Leitura:

O Supremo Tribunal Federal (STF) julga, na tarde desta quarta-feira (25), o habeas corpus de um ex-gerente da Petrobras que discute o direito de um réu se manifestar na ação penal após as alegações dos delatores acusados no processo. O resultado desse julgamento pelo plenário da Corte pode levar à anulação de mais condenações da Lava Jato e, eventualmente, beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Acompanhe ao vivo: 

A discussão da controvérsia, ou seja, se um réu delatado pode se manifestar nos autos depois dos delatores para rebater as acusações, deve fazer com que os 11 integrantes da Corte avaliem o entendimento que anulou, no mês passado, a condenação do ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras Aldemir Bendine.

De acordo com fontes ouvidas reservadamente pela reportagem, o entendimento a ser firmado pelo plenário do STF agora pode afetar processos de Lula como o do sítio de Atibaia, mas não a condenação imposta por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do 'triplex do Guarujá'. Isso porque, no caso do triplex, não havia réus com acordo de colaboração premiada homologado pela Justiça na época da condenação em primeira instância. A defesa de Lula, porém, entende que a regra também deve valer para esse caso porque o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro fez acusações contra o petista.

Segundo a reportagem apurou, a expectativa é a de que o plenário do Supremo se divida sobre o tema, expondo novamente as divisões internas em matéria criminal.

Acompanhe ao vivo

 

Últimas notícias