OPINIÃO

Igor Maciel: Nova Constituição proposta por Alcolumbre é um disparate

''Resta saber qual poder vigente ele pretende atender com a nova Constituição''. Leia o comentário de Igor Maciel

Marcelo Aprigio
Marcelo Aprigio
Publicado em 13/11/2019 às 7:31
Artigo
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
''Resta saber qual poder vigente ele pretende atender com a nova Constituição''. Leia o comentário de Igor Maciel - FOTO: Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
Leitura:

Igor Maciel, da coluna Pinga Fogo*

A grande ideia do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), de formar uma Assembleia Constituinte pra uma nova Constituição é um disparate tamanho que parece piada. A declaração é tão absurda que a assessoria dele, inicialmente, achou se tratar de ironia. Mas Alcolumbre falou sério. Nos dois casos, é irresponsabilidade. Porque não se brinca com coisa séria e porque começar uma Constituição do zero com o momento que vive a América do Sul e o Brasil soa como maluquice. É como soprar gasolina numa fogueira. A Venezuela mudou a Constituição para atender ao poder vigente, o Chile pode mudar a Constituição para atender à revolta vigente, a Bolívia mudou a Constituição – mais de uma vez – para atender aos desejos então vigentes de Evo Morales. São apenas os exemplos mais próximos para Alcolumbre pensar na vida. Resta saber qual poder vigente ele pretende atender com a nova Constituição. O poder de quem?

Leia mais comentários de Igor Maciel:

O que o STF decide hoje, o próprio STF pode mudar amanhã

Alheio a polêmicas do clã Bolsonaro, Paulo Guedes dá lição do silêncio

Fusão de municípios vai travar 'guerra' no Congresso Nacional

De golpistas a comunistas? Nada disso. Apenas jornalistas

Rodrigo Maia e a sobriedade rara em tempos cada vez mais estranhos

Ao propor AI-5, Eduardo Bolsonaro despreza os próprios eleitores

Mais que isso. Precisa saber como ele vai convencer os parlamentares a renunciarem aos mandatos – porque isso é necessário – e como vai justificar aos eleitores que os votos de 2018 serão descartados junto com os mandatos, porque ele resolveu que a Constituição não atende o que ele quer.

*Igor Maciel é titular da coluna Pinga Fogo, no Jornal do Commercio

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias