Jair Bolsonaro

Após demitir Alvim, Bolsonaro diz que repudia ideologias 'totalitárias e genocidas, como o nazismo e o comunismo'

Secretário da Cultura do governo Bolsonaro parafraseou discurso de ministro nazista

Ana Gabriela Lima
Ana Gabriela Lima
Publicado em 17/01/2020 às 13:22
Notícia
Marcos Correa/PR
Secretário da Cultura do governo Bolsonaro parafraseou discurso de ministro nazista - Marcos Correa/PR
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se pronunciou após o secretário de Cultura do governo, Roberto Alvim, parafrasear o ministro de propaganda nazista Joseph Goebbels ao anunciar o renascimento da arte no país, causando indignação generalizada.

>> Após discurso com trechos nazistas, secretário de Cultura coloca cargo à disposição de Bolsonaro 

Bolsonaro usou o Twitter para informar que havia demitido o secretário de Cultura e afirmou que "repudia às ideologias totalitárias e genocidas, como o nazismo e comunismo". 

Tweet 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias