VENEZUELA

Maduro diz que a paz vai triunfar 'frente às ameaças de Bolsonaro'

O presidente da Venezuela comentou também sobre as ameaças de Donald Trump

JC Online
JC Online
Publicado em 17/09/2019 às 17:22
Notícia
Foto: HO / Venezuelan Presidency / AFP
O presidente da Venezuela comentou também sobre as ameaças de Donald Trump - FOTO: Foto: HO / Venezuelan Presidency / AFP
Leitura:

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse, durante entrevista à Folha de S.Paulo, que a paz irá triunfar "frente às ameaças e às loucuras da ultradireita, de [Jair] Bolsonaro e [Donald] Trump''. A declaração de Maduro foi em resposta após ser questionado se homens e mulheres que integram a milícia nacional participariam de uma guerra. Ele afirmou não querer falar 'de guerra', mas sim sobre a paz.

"Eu sou cristão, convencido, praticante, de oração e de ação", afirmou o presidente. Ao ser questionado se a possível reativação do Tratado Interamericano de Ação Recíproca (Tiar) é uma ameaça vazia, Maduro afirmou que "tem que ser o século da paz, e não de ameaças militares de Bolsonaro, de Trump". Maduro comentou ainda que o presidente do Brasil é um "extremista ideológico".

Oposição

Em relação a oposição na Venezuela, comentou que ela é pior do que a de Jair Bolsonaro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias