polêmica

Juiz de garantias causa ''racha'' na base de Jair Bolsonaro no Twitter

Um dos principais apoiadores de Bolsonaro e articulador de grupos de direita, Nando Moura, foi contrário à medida do presidente, sendo considerado ''traidor'' por parte dos internautas

JC Online
JC Online
Publicado em 26/12/2019 às 9:30
Fotos: ABr
Um dos principais apoiadores de Bolsonaro e articulador de grupos de direita, Nando Moura, foi contrário à medida do presidente, sendo considerado ''traidor'' por parte dos internautas - FOTO: Fotos: ABr
Leitura:

A aprovação do pacote anticrime elaborado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, fez com que os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro entrassem em atrito no Twitter. Isso porque o presidente sancionou a criação da figura do juiz de garantias.

Esse juiz será o responsável pelas decisões na fase de investigação e, no momento em que houver o processo e a sentença, outro magistrado cuidará da ação. De acordo com a lei, o trabalho dele acaba no momento em que a denúncia é recebida, quando são iniciadas as fases de instrução e julgamento. Parte dos apoiadores do presidente considerou a decisão como um retrocesso. O próprio Moro apontou "problemas" na criação do juiz de garantias. 

Leia mais >> Entenda o que é 'juiz de garantias', que incomodou Moro na aprovação do pacote anticrime

"O MJSP se posicionou pelo veto ao juiz de garantias, principalmente, porque não foi esclarecido como o instituto vai funcionar nas comarcas com apenas um juiz (40% do total); e também se valeria para processos pendentes e para os tribunais superiores, além de outros problemas", diz nota de Moro.

Racha no Twitter

No Twitter, um dos principais apoiadores de Bolsonaro e articulador de grupos de direita, Nando Moura, foi contrário à medida do presidente, sendo considerado "traidor" por parte dos internautas. 

"É verdade, eu sou um TRAIDOR. Coloquei os amigos do Toffoli na PGR e na AGU, sancionei a emenda do FREIXO que acaba com a justiça no país e coloquei os capachos do Renan Calheiros para liderar a Câmara e o Senado", postou.

Nando Moura foi prontamente rebatido por alguns internautas. "Acho que você é apenas precipitado em algumas análises e com comentários destrutivos fica difícil debater e acaba perdendo a razão e credibilidade. Nada é perfeito, mas estamos muito distantes das suas convicções contra o governo", disse um seguidor.

Últimas notícias