MATA SUL

Organização criminosa que atuava na prefeitura de Catende é desarticulada

Grupo é suspeito de emprego irregular de verbas públicas, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro

Amanda Azevedo
Amanda Azevedo
Publicado em 02/06/2016 às 8:49
Foto: Amanda Miranda/NE10
Grupo é suspeito de emprego irregular de verbas públicas, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro - Foto: Amanda Miranda/NE10
Leitura:

A Polícia Civil desencadeou a 15ª fase da Operação Tsunami, na manhã desta quinta-feira (2), para desarticular uma organização criminosa suspeita de emprego irregular de verbas públicas, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro. Os fatos foram apurados na gestão da Prefeitura de Catende, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. Ao todo, 11 pessoas foram presas no interior do Estado.

Ainda estão sendo cumpridos 21 mandados de busca domiciliar e oito de condução coercitiva no Recife e em cidades da Mata Sul e Agreste de Pernambuco. Os presos e material apreendido vão ser levados para a sede de Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), Afogados, na Zona Oeste do Recife.

Ao todo, 200 policiais participação da operação.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias