Repercussão

Jarbas Vasconcelos: a hora de Cunha acertar as contas com Sérgio Moro chegou

Deputado federal comenta sobre a prisão do ex-presidente da Câmara dos Deputados

JC Online
JC Online
Publicado em 19/10/2016 às 16:31
Foto: Lia de Paula/Agência Senado
Deputado federal comenta sobre a prisão do ex-presidente da Câmara dos Deputados - FOTO: Foto: Lia de Paula/Agência Senado
Leitura:

Uma das principais vozes contrárias ao ex-deputado Eduardo Cunha, o depuado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), em entrevista ao Blog de Jamildo, celebrou a prisão do ex-colega de partido. "Eduardo Cunha embarcou num trem cuja parada final era a cidade de Curitiba. E ele fez de tudo para evitar isso. Só que a hora dele acertar as contas com o juiz Sérgio Moro chegou", disse.

O deputado federal ainda disse que o fato dele não ter sido preso lhe causava perplexidade. "Quem acreditava que Eduardo Cunha não seria preso porque a Operação Lava Jato seria seletiva ou tinha como objetivo principal a destituição do PT ficou sem discurso agora. Com mais esse passo, a Lava Jato se fortalece e se consolida como a maior frente de investigação contra a corrupção já ocorrida no País", afirmou.

DELAÇÃO

Jarbas afirmou ainda que é possível que uma delação premiada aconteça. "Uma pessoa que desdenha de tudo, que zomba da consciência do povo e se mostrou preparado para a malandragem é capaz de negociar qualquer tipo de acordo, inclusive uma delação", frisou Jarbas.

Últimas notícias