Moradia

Bolsonaro entrega 472 apartamentos do Minha Casa, Minha Vida em Petrolina

Foi a primeira viagem do presidente ao Nordeste desde que tomou posse. Pela manhã, ele se reuniu com os governadores da região no Recife

Nathália Macedo
Nathália Macedo
Publicado em 24/05/2019 às 18:17
Notícia
Foto: Marcos Aurélio/Rádio Jornal Petrolina
Foi a primeira viagem do presidente ao Nordeste desde que tomou posse. Pela manhã, ele se reuniu com os governadores da região no Recife - Foto: Marcos Aurélio/Rádio Jornal Petrolina
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) participou, nesta sexta-feira (24), da cerimônia de entrega de 472 imóveis em um conjunto habitacional do programa Minha Casa, Minha Vida, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, que servirão de moradia própria para cerca de 2 mil pessoas. Foi a primeira viagem do presidente ao Nordeste desde que tomou posse. Pela manhã, ele se reuniu com os governadores da região no Recife.

"Não há recompensa maior do que estar entre amigos. Pode ter certeza, meu coração é pernambucano", disse Bolsonaro, durante discurso após a entrega das chaves aos novos moradores. O presidente lembrou da sua trajetória até a Presidência da República e disse que assumiu o poder em meio a "uma crise ética, moral e econômica".

"Nós chegamos para mudar o destino do nosso Brasil. Deixamos de lado o populismo e as promessas vazias. Fazer a coisa certa na política não é fácil, mas nós seguiremos esse nosso objetivo", afirmou.

Bolsonaro disse ainda que é o presidente de todos os brasileiros e agradeceu o apoio dos nordestinos. "Eu não estou no Nordeste, eu estou no Brasil. O Brasil é a nossa pátria, o Brasil é uma só região, um só povo e uma só raça".

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), falou sobre importância do programa Minha Casa, Minha Vida para o estado e para o Nordeste, e ressaltou a elaboração, pelo governo federal, de um plano de desenvolvimento para a região.

"O novo plano de desenvolvimento da Região Nordeste é um plano que pode dar caminhos para que o Nordeste diminua suas desigualdades", disse.

Para Miguel Coelho, prefeito de Petrolina, "hoje, o senhor (Bolsonaro) está realizando um sonho de mais de 472 famílias. Que antes pagavam aluguel, que antes não tinha o sonho da casa própria”, afirmou.

Irrigação no Nordeste

Segundo lembrou o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), que também é líder do governo no Senado, esse ato é apenas o primeiro de outros que deverão aportar na região. "O primeiro compromisso do presidente é com a construção civil e habitação popular. Esses são os caminhos mais rápidos para quem não tem renda e precisa viver se manter. O segundo (passo), que todos se lembram, é que ele (Bolsonaro) se referia ao Nordeste lá na frente com irrigação. Vamos usar irrigação para gerar emprego e renda no semiárido nordestino", disse Bezerra Coelho.

Continuidade

O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, garantiu a continuidade do Minha Casa, Minha Vida em meio a especulações sobre mudanças que o governo pretende fazer no programa.

"Este governo não vai interromper o programa da habitação social. Saibam disso. Já foram investidos R$ 11,6 bilhões só na gestão do presidente [Bolsonaro], só em 2019. São 87.636 unidades. Só em Pernambuco são mais de 3 mil unidades, mais de R$ 393 milhões", disse.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, que opera os financiamentos do programa habitacional, também assegurou a continuidade dos projetos e prometeu inaugurar obras de forma regular. "A cada duas semanas nós vamos inaugurar um evento como esse", disse.

 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias