MDB e PSB

Geraldo Julio diz que união de FBC, Jarbas e Raul na chapa do MDB não preocupa

1º secretário nacional do PSB, sigla aliada do MDB, Geraldo Julio (PSB) disse não ver a união como prejudicial nas eleições de 2020

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 21/06/2019 às 13:13
Notícia
Foto: Diego Nigro/Arquivo JC Imagem
1º secretário nacional do PSB, sigla aliada do MDB, Geraldo Julio (PSB) disse não ver a união como prejudicial nas eleições de 2020 - FOTO: Foto: Diego Nigro/Arquivo JC Imagem
Leitura:

Em participação no debate da Super Manhã desta sexta-feira (21), o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), comentou o acordo que uniu o senador Jarbas Vasconcelos, o deputado federal Raul Henry e o líder do governo Jair Bolsonaro (PSL), senador Fernando Bezerra Coelho, na eleição da Executiva Estadual do MDB no próximo dia 6 de julho. A costura pavimentou a recondução em chapa única de Raul Henry na presidência estadual da sigla.

Questionado se a união dos antigos adversários causava preocupação com vistas à eleição de 2020 – quando tentará fazer o seu sucessor, o socialista negou e disse que a relação com o partido e, especificamente, com Jarbas e Raul é “muito boa” e considerou normal o realinhamento de forças por ser uma reestruturação. Hoje o MDB integra tanto a base de Geraldo Julio como a do governador Paulo Câmara (PSB).

“Não, preocupa não. Eu acho que nossa relação com o MDB é muito boa. Esse ano a gente não está vivendo ano de eleição. A nossa relação com Jarbas, com Raul é muito boa. Eu mesmo tenho uma relação com Fernando Bezerra, do ponto de vista hoje da política, claro, nós estamos em campos adversários, mas tenho com Fernando. Não tenho dificuldade, não. Eu acho que é normal. Eles estão reestruturando o partido por dentro e isso faz parte”, disse.

MDB na Prefeitura do Recife

Sobre o fato de Fernando Bezerra ter defendido o nome de Raul Henry para disputar a Prefeitura do Recife no ano que vem, Geraldo Julio desconversou. "Nesse momento eu estou focando no povo. Eu acho que o Brasil está passando por tempo de muita dificuldade e a eleição está muito longe", disse.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias