Jogos

Nintendo encerra distribuição de jogos e consoles no Brasil

Segundo o executivo, a fabricante vai monitorar a evolução do ambiente de negócios brasileiro para avaliar a melhor maneira de agir no futuro

Da Folhapress
Da Folhapress
Publicado em 09/01/2015 às 14:00
Foto: YOSHIKAZU TSUNO / AFP
Segundo o executivo, a fabricante vai monitorar a evolução do ambiente de negócios brasileiro para avaliar a melhor maneira de agir no futuro - FOTO: Foto: YOSHIKAZU TSUNO / AFP
Leitura:

A Nintendo anunciou nesta sexta-feira (9) que deixará de distribuir seus produtos oficialmente no Brasil. Segundo a companhia japonesa, isso ocorre porque a empresa Gaming do Brasil, representante da companhia no país nos últimos quatro anos, encerrou suas atividades.

"O Brasil é um mercado importante para a Nintendo e lar de muitos fãs apaixonados mas, infelizmente, desafios no ambiente local de negócios fizeram nosso modelo de distribuição atual no país insustentável", disse Bill van Zyll, diretor e gerente-geral para América Latina da Nintendo, em comunicado à imprensa.

"Estes desafios incluem as altas tarifas sobre importação que se aplicam ao nosso setor e a nossa decisão de não ter uma operação de fabricação local", completou.

A falta de ação da Nintendo no mercado brasileiro foi evidente nos últimos tempos. Não existe, por exemplo, uma versão nacional da loja on-line do console Wii U, lançado por aqui em 2013. Além disso, a companhia não esteve presente nas duas últimas edições da Brasil Game Show, principalmente evento do segmento no país.

Segundo o executivo, a fabricante vai monitorar a evolução do ambiente de negócios brasileiro para avaliar a melhor maneira de agir no futuro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias