Vendas

Com forte procura, Apple agora só entrega relógio inteligente em junho

A empresa já havia indicado que esperava demanda forte, maior do que a capacidade inicial de produção

Da Folhapress
Da Folhapress
Publicado em 10/04/2015 às 14:26
Foto: NICHOLAS KAMM / AFP
A empresa já havia indicado que esperava demanda forte, maior do que a capacidade inicial de produção - FOTO: Foto: NICHOLAS KAMM / AFP
Leitura:

Poucas horas depois de ter começado a aceitar encomendas de seu relógio inteligente, a Apple já parece estar sem estoques do aparelho. A expectativa é que o Apple Watch comece a ser entregue a partir de 24 deste mês, mas o site da companhia já indica que os modelos comprados agora serão entregues apenas em junho.

De acordo com o "Washington Post", o estoque inteiro durou cerca de seis horas. A empresa já havia indicado que esperava demanda forte, maior do que a capacidade inicial de produção.

Nesta sexta-feira (10), a Apple também começou a mostrar o aparelho em lojas de nove países (Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Canadá, China, França, Alemanha, Hong Kong e Japão). Não é possível comprar o relógio, apenas experimentá-lo. Não há previsões de quando o produto estará disponível para compradores brasileiros.

Mesmo assim, consumidores se aglomeraram em lojas da empresa para dar a primeira olhada no relógio.

Antes da abertura da loja da Apple em Paris, cerca de cem pessoas faziam fila do lado de fora. Funcionários encorajaram e aplaudiram os primeiros consumidores, a maioria deles homens com menos de 30 anos.

"Eu tenho tudo da Apple então agora eu preciso conseguir o relógio", disse Jeremy Dugue, de 19 anos, que usava uma jaqueta de couro depois de ter encomendado o modelo em aço inoxidável por 1.150 euros.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias