Cena Política

O bom exemplo de Cacau e André de Paula nestas eleições de Pernambuco

Por mais simples que seja, a atitude de pai e filha foi cordial e serve como exemplo para partidos que não fizeram o mesmo recentemente no estado.

Igor Maciel
Cadastrado por
Igor Maciel
Publicado em 16/05/2022 às 11:14 | Atualizado em 16/05/2022 às 11:49
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
ELEIÇÕES André de Paula (PSD) e Marilia Arraes (SD) vão formar chapa na disputa majoritária em PE - FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Leitura:

No dia em que o pai oficializa apoio a uma candidata da oposição ao PSB, imediatamente, a filha pede demissão do cargo que ocupa em uma administração comandada pelo PSB.

Parece simples, mas a atitude de Cacau de Paula (PSD), hoje, deixando a secretaria de Turismo do Recife, quando André de Paula (PSD) anunciava que embarca na campanha de Marília Arraes (SD) para o governo do Estado, mostra um jeito diferente do que estávamos nos habituando, na hora de fazer política.

E isso é muito bom.

É que o óbvio deixou de ser óbvio nos últimos episódios parecidos que tivemos em Pernambuco. Houve casos de campanhas inteiras sendo feitas com um nó de constrangimento porque queriam obrigar o PSB a demitir os quadros dos adversários.

Ninguém pede demissão, mesmo estando em palanque oposto.

O PT foi um desses maus exemplos, em 2020. Com Marília Arraes (então pelo Partido dos Trabalhadores) numa guerra pesada contra João Campos (PSB) e o partido dela cheio de cargos no governo e na prefeitura do Recife.

Difícil dizer ainda o que será essa campanha em Pernambuco, mas bons exemplos como o de André de Paula e filha precisam ser destacados.

E que sejam regra, porque a política é necessária para conduzir as transformações do mundo e para trilhar um bom caminho é preciso eliminar a desfaçatez desse atribulado e embaçado horizonte.

Comentários

Últimas notícias