Cena Política

Deputado que desistiu de campanha para apoiar Lula é duro golpe em Bolsonaro, entenda

Mais importante do que saber o que o desistente ganha é entender o interesse de Lula nele que era considerado nanico.

Igor Maciel
Cadastrado por
Igor Maciel
Publicado em 05/08/2022 às 11:15
EVARISTO SÁ/AFP E ISAC NÓBREGA/PR
O ex-presidente Lula (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL) - FOTO: EVARISTO SÁ/AFP E ISAC NÓBREGA/PR
Leitura:

André Janones (Avante) que desistiu da candidatura à presidência para apoiar Lula (PT), diz que o fez porque o petista defende o fim da miséria, quer acabar com a fome e propõe o Auxílio Emergencial de R$ 600,00 como valor fixo no futuro.

Tudo bem, mas Lula já defendia isso antes e nada mudou por causa de Janones.

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
O candidato à Presidência André Janones (Avante) vai conversar com Lula (PT) e possui uma série de propostas para apresentar ao ex-presidente - Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O deputado mineiro sabia que não tinha qualquer chance na disputa e resolveu se escorar no coqueiro mais firme do momento.

Mais importante do que saber o que Janones ganha com isso é entender o interesse de Lula nele e porque há potencial para fortalecer muito o petista na eleição.

Acontece que Janones é um fenômeno das redes sociais. Como defensor do Auxílio de R$ 600, desde a época da pandemia, quando o governo Bolsonaro chegou a propor que o valor fosse R$ 200, Janones acumulou seguidores, principalmente no Facebook.

Só nessa plataforma, ele possui 8 milhões de seguidores. Já no YouTube, o mineiro tem 1,4 milhão de inscritos.

No Facebook Lula tem 5 milhões e no YouTube pouco mais de 500 mil.

Janones também tem bastante interlocução com o movimento dos caminhoneiros autônomos, com quem Lula ainda não dialogava.

Estratégia

Há alguns meses que a equipe de campanha petista admitiu que não teria condições de se igualar à influência de Bolsonaro nas redes sociais.

A partir daí, criou-se uma nova estratégia que consistia em aproveitar o capital de influenciadores digitais e políticos que tivessem maior penetração nesse espaço.

Gil do Vigor e Juliette, ex-BBBs, foram atraídos para apoiar Lula com esse objetivo. A cantora Anitta é outra perna desse plano.

Cereja do bolo

Janones tornou-se a cereja do bolo, porque traz capital eleitoral agregado aos seguidores. Já que, apenas ter seguidor, não resolve se esse público não for engajado politicamente.

Claro que a fome de Janones tem mais a ver com sua reeleição certa a deputado federal e com os benefícios que terá, em uma Brasília “comandada” por um Lula que lhe deve algo, do que pelas propostas contra a miséria.

Mas a desistência dele terá mais impacto do que se imagina na disputa e é um duro golpe contra Bolsonaro.

Comentários

Últimas notícias