POLÊMICA

Depois do pé de galinha e do osso, agora supermercado vende até restos de peixe

Supermercado em Belém do Pará estaria oferecendo "carcaça de peixe" como opção de proteína barata

Edilson Vieira
Edilson Vieira
Publicado em 07/10/2021 às 15:32
Notícia
Reprodução/Internet
Imagem de bandeja com restos de peixe sendo vendidos a R$2 viraliza nas redes sociais - FOTO: Reprodução/Internet
Leitura:

O alimento que antes era rejeitado comercialmente agora é vendido como opção para quem não pode pagar pela proteína do dia a dia. Nesta quinta-feira (7), a imagem de uma bandeja com partes de peixe de pouco valor comercial sendo vendidas em um supermercado de Belém do Pará viralizou nas redes sociais, causando indignação em alguns internautas.

O produto que, segundo a etiqueta da embalagem é denominado "carcaça de peixes", estaria sendo oferecido por R$ 3,90 o quilo.  A foto mostra uma bandeja de isopor embalada com plástico filme contendo partes de peixe de difícil identificação, com preço de R$ 2,01 por  500 gramas.

Segundo o IBGE, em um período de 12 meses (agosto de 2020 até agosto de 2021), a carne bovina aumentou de preço em 30,77% , fazendo com que muitos consumidores passassem a procurar por fonte de proteínas mais baratas como ovo, vísceras, ou  até mesmo pés de galinha e ossos. Na semana passada, reportagem do jornal Extra, do Rio de Janeiro,  mostrou que, sem comida, o número de pessoas carentes em busca de restos de ossos e de carne rejeitados por supermercados tinha aumentado na capital carioca. 

REPERCUSSÃO

No Twitter, alguns internautas se indignaram com a postura do supermercado de Belém do Pará. "2 reais. E tem coragem de vender um negócio desse. É sapatear em cima da fome alheia", comentou uma mulher.  Um homem opinou: "Tão revoltante quanto a volta da fome, é saber que tem estabelecimentos vendendo o que antes era descartado. Seria digno, pelo menos, que doassem isso e outros gêneros", escreveu.

Não faltou quem desse um contexto político a imagem: "Próximo passo vai ser vender casca de ovo, já já aparece algum chefe de cozinha ou pesquisador dizendo que comer casca de ovo é nutritivo. O Brasil esta na miséria total. Socorro (prorrogar o auxílio emergencial é urgente)". E outros preferiram amenizar dizendo que a carcaça de peixe era utilizada para fazer a tradicional caldeirada do Pará. "Vi algumas pessoas falando que compram isso nos supermercados e feiras.. Sei muito bem que é para caldeirada.. Já vi [venderem] cabeça e rabo [de peixe], mas esse negócio aí tá estranho", rebateu uma internauta.

OSSO

Também nesta quinta-feira (7) uma outra imagem circula nas redes sociais mostrando um açougue que seria em Florianópolis (SC), vendendo ossos bovinos por R$ 4,00 o quilo. O que chama a atenção é um cartaz avisando: "Osso é vendido e não dado".

Comentários

Últimas notícias