COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Professores da rede estadual de Pernambuco já podem se cadastrar para receber computador e internet bancados pelo governo

Analistas e assistentes educacionais também terão direito aos benefícios. Cadastro vai até 31 de julho. Equipamentos e internet serão importantes para as aulas remotas adotadas por causa da pandemia de covid-19

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 01/07/2021 às 10:24
Notícia
YACY RIBEIRO/ JC IMAGEM
Aulas remotas passaram a ser adotadas após o início da pandemia de covid-19 - FOTO: YACY RIBEIRO/ JC IMAGEM
Leitura:

Docentes da rede estadual de Pernambuco que desejam receber notebook e internet custeados pelo governo estadual devem aderir, a partir desta quinta-feira (1º), ao programa Professor Conectado. A iniciativa contempla também analistas educacionais, assistentes administrativos educacionais e assistentes de gestão educacional.

O prazo para se cadastrar no site do programa é até 31 de julho. O benefício só vale para quem faz parte do quadro efetivo. Significa que profissionais com contratos temporários não poderão participar. O objetivo da ação é ajudar na oferta das aulas remotas, adotadas devido à pandemia de covid-19. Mais de um ano com atividades online, iniciadas em março do ano passado, até agora os professores têm investido por conta própria em computadores.

Neste primeiro momento será feita apenas a adesão à iniciativa. A escolha dos equipamentos ainda não tem data para acontecer pois a Secretaria Estadual de Administração ainda vai iniciar o credenciamento das empresas que vão fornecer os notebooks. Não será cumprida, portanto, a previsão dada inicialmente pela Secretaria Estadual de Educação de que os docentes começariam a receber os computadores ainda neste mês de julho. 

O cadastro e adesão ao programa também começam com atraso. Em maio, ao lançar o Professor Conectado, o secretário estadual de Educação, Marcelo Barros, estimou que essas duas etapas teriam início em 15 de junho, o que não aconteceu.

 

A projeção do governo é beneficiar 22 mil profissionais da rede estadual. Além do trâmite burocrático em relação à contratação e pagamento dos fornecedores, outro detalhe que pode atrasar a entrega das máquinas para os beneficiados é a falta de produtos no mercado. Com a pandemia de covid-19, a aquisição de computadores e outros itens ligados à tecnologia está aquecida.

Cada profissional receberá R$ 50 por mês, depositado juntamente com o salário, para pagar a internet. O computador será do profissional após 3 anos de participação no Professor Conectado. No site do programa há um link com perguntas e respostas para esclarecer dúvidas.

 

Comentários

Últimas notícias