COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

"Reconhecimento da contribuição das mulheres nas ciências da saúde no Brasil" é o tema da redação da segunda aplicação do Enem 2021

Prova acontece neste domingo (09), junto com os testes de linguagens e ciências humanas. Mais de 340 mil estudantes estão inscritos no exame

Margarida Azevedo Emannuel Bento
Margarida Azevedo
Emannuel Bento
Publicado em 09/01/2022 às 16:21
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Redação deve ter até 30 linhas - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

"Reconhecimento da contribuição das mulheres nas ciências da saúde no Brasil" é o tema da prova de redação da segunda aplicação do Enem, realizada neste domingo (09). Os mais de 340 mil inscritos têm até 19h para escrever uma dissertação com até 30 linhas, além de responder 45 questões de ciências humanas e 45 de linguagens.

A redação é a única prova subjetiva do Enem. Tirar uma boa nota nela pode ser um diferencial principalmente para quem deseja ingressar, pelo Sisu, em cursos muito concorridos como medicina e direito. O texto deve ter no mínimo oito linhas. Se o candidato escrever até sete linhas não terá a prova corrigida.

Na primeira edição do Enem 2021, realizada em novembro, os estudantes escreveram sobre "Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil".

Comentário sobre o tema

Ana Cristina Verdasca, professora de redação do Colégio Santa Maria, ressalta que esse é um tema bastante específico, apesar das ciências médicas e da representatividade feminina serem temas em alta nos últimos anos. "Acho que ele pode gerar uma certa confusão, principalmente para os mais despreparados. O tema não é sobre a mulher ou o empoderamento feminino, mas sim sobre o reconhecimento. Há esse reconhecimento ou não? Essa é a palavra chave".

Apesar do tema não ser tão simples, a professora o considera positivo. "Existe essa dificuldade pelo tamanho, que é o "reconhecimento da contribuição", mas ciências médicas têm por tradição muito mais a ver com homens do que com mulheres. Ao pensar isso historicamente, podem surgir algumas ideias para os estudantes. Eu não acho que seja um tema simples, dado que é específico, mas é um bom tema. Eu gosto muito dele. O aluno que estudou bastante conseguirá desenvolver.”

Ana Cristina ainda comenta que o aluno que citar alguma cientista mulher do Brasil na redação deve suprir alguns critérios da prova, mas que a ausência de um nome não vai necessariamente baixar a nota. "O ENEM tem uma competência que pede que o aluno coloque dentro da redação algum elemento de outra área do conhecimento. Não citar um nome não impossibilita a redação, mas a citação de algum já facilita muito e satisfaz”.

Ela cita que nos últimos anos, muito por conta da pandemia do coronavírus, muitas cientistas mulheres apareceram na mídia, a exemplo de Natalia Pasternak, bióloga e divulgadora científica brasileira, ou das brasileiras que sequenciaram o genoma do coronavírus - Jaqueline Goes de Jesus, Ingra Morales, Flávia Salles e Erika Manuli. Além disso, no ano passado a psiquiatra Nise da Silveira foi bastante citada no tema do ano passado - sobre saúde mental.

Segundo dia

No próximo domingo (16) os candidatos terão provas de matemática e ciências da natureza. As notas individuais do Enem 2021, tanto daqueles que fizeram o exame em novembro como os que estão realizando a segunda aplicação, serão divulgadas em 11 de fevereiro.

Correção

O que os professores que corrigem as redações do Enem vão avaliar:

Competência 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa
Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa
Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista
Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação
Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos

Levará nota zero na prova de redação o candidato que apresentar uma das características abaixo:

• fuga total ao tema;
• não obediência ao tipo dissertativo-argumentativo
• extensão de até sete linhas manuscritas, qualquer que seja o conteúdo, ou extensão de até dez linhas escritas no sistema Braille
• cópia de texto(s) da prova de Redação e/ou do caderno de questões sem que haja pelo menos oito linhas de produção própria do participante
• impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, em qualquer parte da folha de redação
• números ou sinais gráficos sem função clara em qualquer parte do texto ou da folha de redação
• parte deliberadamente desconectada do tema proposto
• assinatura, nome, iniciais, apelido, codinome ou rubrica fora do local devidamente designado para a assinatura do participante
• texto predominante ou integralmente escrito em língua estrangeira
• folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho
• texto ilegível, que impossibilite sua leitura por dois avaliadores independentes

Comentários

Últimas notícias