COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Feras do pré-universitário do IJCPM se destacam com boas notas na redação do Enem

Estudantes comemoram o bom desempenho, sobretudo depois das dificuldades vivenciadas em meio à pandemia de covid-19

JC
Cadastrado por
JC
Publicado em 10/02/2022 às 20:45 | Atualizado em 10/02/2022 às 20:46
Guga Matos/JC Imagem
Lucas Vinicius de Souza tirou uma nota alta na redação do Enem. Ele quer ser professor de geografia - FOTO: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Vestibulandos tiveram que estudar para o Enem, ano passado, mais uma vez em meio à pandemia de covid-19, o que exigiu aulas virtuais, menos contato com colegas e professores e mais preparo emocional para lidar com a ansiedade que antecede as provas. Em meio a tantas dificuldades, sobretudo para jovens de escolas públicas, que tirar notas acima de 800 na prova de redação tem sido alvo de muita comemoração para os alunos que participaram do curso pré-universitário do Instituto JCPM de Compromisso Social.

É o caso de Lucas Vinícius de Souza Barbosa, de 19 anos, que fez pela primeira vez o exame e tirou 900 em redação. "Quero cursar licenciatura em geografia e sabia que a nota de redação teria um peso muito grande. Por isso, me dediquei bastante às aulas. Tínhamos um grupo apoiado por um jovem que já fez o Enem e era nosso mentor. Estudávamos juntos aos sábados, tivemos aula até dentro de Igreja para não deixar de estudar", conta o rapaz, morador do Pina, Zona Sul do Recife.

"Quero entrar na Universidade Federal de Pernambuco. Sempre quis estudar lá, meu avô trabalhou durante anos com serviços gerais. Vai ser simbólico para mim frequentar as salas de aula lá”, conta Lucas, cujos pais concluíram o ensino fundamental através do EJA. Ex-aluno de escola pública, ele se inspirou no exemplo de professores do ensino médio e do pré-universitário para decidir pela carreira docente.

Gabriel Victor Ferreira, de 18 anos, é outro exemplo. Tirou 880 em redação e espera conseguir uma vaga no curso de nutrição. "Foram períodos muito difíceis, com aulas híbridas, entre presencial e online. Usei muitas vezes os computadores do instituto para ter acessos às aulas pela internet”, comenta o vestibulando.

Pré-Universitário

Todos os anos, o IJCPM oferece gratuitamente um pré-universitário formatado especialmente para atender as necessidades de aprendizado observando as maiores dificuldades enfrentadas por cada jovem.

"Buscamos identificar onde estão as maiores carências para atuar de maneira focada. Percebemos que não adiantava replicar o que os cursinhos fazem porque as necessidades de quem estuda a vida inteira na escola pública são outras. E estimulamos a formação de grupos entre os próprios jovens para melhorar o entendimento e aprendizado", explica a coordenadora Social do IJCPM, Fábia Siqueira.

Desde sua criação, em 2012, cerca de 700 estudantes tiveram acesso ao reforço diário para o exame. O curso é um dos mais concorridos do IJCPM e tem bons índices de aprovação, chegando a 40% em alguns anos.

Comentários

Últimas notícias