RECUPERAÇÃO

Interditada após desabamentos, Igreja Matriz de São José recebe obras de requalificação

A igreja é a única construção no estilo neoclássico presente no centro da capital pernambucana

JC
JC
Publicado em 27/10/2020 às 11:46
Notícia

FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Igreja de São José no bairro de São José - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Interditado desde 2013 por conta de um desabamento do telhado, causado por uma infestação de cupins, a Igreja Matriz de São José, localizada nas imediações do Forte das Cinco Pontas, na área central do Recife, recebe há uma semana uma obra de recuperação e reforma, com serviços no telhado, forro, piso e parte elétrica.

A expectativa agora é que igreja criada em 1844, a possa voltar a fazer parte da rotina dos católicos recifenses, com a celebração de missas e cerimônias religiosas. O Consórcio Recife está à frente das obras de recuperação, que ainda não tem previsão de conclusão. 

Considerada um dos cartões postais da cidade, a igreja foi tombada pelo governo estadual, através da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) em julho de 2017, e é a única construção no estilo neoclássico presente no centro da capital pernambucana.

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias