COLUNA MEU PET

Veja os cuidados com os pets em dias de chuva

Um dos riscos envolvidos é a exposição a microrganismos e bactérias

Amanda Rainheri
Amanda Rainheri
Publicado em 28/01/2021 às 18:08
Notícia
Reprodução/ Pixabay
Chuvas também podem afetar a saúde de pets - FOTO: Reprodução/ Pixabay
Leitura:

O verão também é marcado por várias pancadas de chuva nas cidades pelo Brasil. E se engana quem pensa que chuvas, tempestades e alagamentos nas ruas não impactam a saúde dos bichinhos de estimação. Os animais precisam ser protegidos, mas você, mãe ou pai de pet, sabe como é possível fazer isso?

>> Existe gato anão? Saiba tudo sobre a raça Munchkin

>> Veja as 5 doenças mais comuns em cachorros

Um dos riscos envolvidos é a exposição a microrganismos e bactérias. A médica veterinária, Thaís Matos explica que em situações extremas de enchentes e inundações, os animais não devem ter contato e nem beber água parada. "Os cães precisam ser protegidos da leptospirose, de parasitas, de intoxicações (se houver resquícios de gasolina ou pesticidas na água) e problemas de pele. Os gatos podem contrair a panleucopenia felina. Caso se molhem, é importante mantê-los secos e com as medidas profiláticas em dia. Certifique-se que seu pet esteja em dia com a vacinação e caso ele apresente febre, vômito, urina escura ou apatia procure ajuda especializada", declara Thaís.

Durante os passeios, que são indispensáveis, principalmente no verão, o tutor e o pet podem ser pegos desprevenidos pela chuva. "Existe hoje em lojas especializadas para os pets um guarda-chuva específico para cãezinhos. Apesar do acessório proteger o corpo do pet, as patas continuam expostas, então, ao voltar para casa higienize-as e seque-as completamente, para evitar frieiras e outras doenças", completa a especialista.

Ao saírem de casa com o seu animal de estimação, os pais e mães de pets precisam estar preparados para os piores cenários possíveis. Caso não consigam retornar para casa, por causa da forte chuva, ter um kit de emergência para seu filho de quatro patas é essencial. Veja como montar o seu:

• Tanto para cães quanto para gatos, o kit precisa ter o essencial: separe a alimentação do pet (quantidade suficiente para um período de longas horas fora de casa); leve sempre as medicações (prescritas pelo médico veterinário) e água potável (importante mantê-lo hidratado enquanto estiver fora de casa);

• Outros itens que podem conter no kit: brinquedo (para distrair e manter a calma diante de trovões), coleira e guia (para não deixar ele escapar, pois pode se perder ou se ferir), comedor pequeno (para alimentar seu pet adequadamente), toalha e itens de higiene (para limpar as patas e secar seu pet, caso ele se molhe neste período).

VEJA MAIS EM https://jc.ne10.uol.com.br/colunas/meu-pet.

Comentários

Últimas notícias