Informações e dicas para cuidados do seu bicho de estimação, seja ele um gato, cachorro, pássaro ou peixe de aquário, além de dicas de alimentação, adestramento, saúde e outros serviços
Meu Pet

Fique por dentro das novidades do mundo pet e confira as melhores dicas para cuidado de gatos, cachorros e outros bichinhos de estimação

SERPENTES

Conheça 5 espécies de cobra que podem ser criadas em casa

Saiba um pouco sobre espécies que podem ser criadas em casa legalmente

Paloma Xavier
Cadastrado por
Paloma Xavier
Publicado em 05/01/2022 às 18:14 | Atualizado em 06/06/2022 às 21:25
Pixabay
As cobras precisam sejam oriundas de cativeiros legalizados pelo Ibama - FOTO: Pixabay
Leitura:

Muita gente não sabe, mas é possível criar cobras em casa legalmente. As serpentes são permitidas como animais de estimação no Brasil desde 1997. No entanto, é preciso que elas sejam oriundas de cativeiros legais no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama).

“O que vai diferenciar o preço é a raridade da espécie. Espécies comuns são mais baratas. Espécies mais raras e de fora [do país] são mais caras, principalmente as que começaram a ser comercializadas agora. Vai depender também do manejo: se o animal não se reproduz tanto, se vai custar muito para manter no criadouro, ele vai ser mais caro. O preço de uma cobra varia entre R$ 2 mil e R$ 15 mil”, conta o médico veterinário Igor Gouveia.

Confira cinco cobras que podem ser criadas em casa legalmente:

Jiboia-arco-íris da caatinga (Epicrates cenchria assisi)

Igor Gouveia
Jiboia arco-íris da Caatinga - Igor Gouveia


A jiboia-arco-íris da caatinga é uma das mais indicadas para quem quer criar uma cobra em casa pela primeira vez. A espécie tem temperamento dócil e pode medir até 1,60m em média.

Ela se alimenta de pequenos mamíferos e aves.

Uma curiosidade sobre a jiboia-arco-íris da caatinga é que, quando a luz incide sobre as escamas, sua pele expressa uma cor diferente. Os reflexos brilhantes e coloridos deram à cobra o nome “arco-íris”.

Jiboia (Boa constrictor constrictor)

Igor Gouveia
Jiboia (Boa constrictor constrictor) - Igor Gouveia

As jiboias são cobras de porte médio e possuem cores que variam de creme a marrom ou cinza, com manchas geométricas escuras. A serpente é considerada pacífica e lenta e pode chegar a 4 metros.

Ela se alimenta de pequenos mamíferos, aves e anfíbios.

Ball Python (Python regius)

A ball python, também chamada de píton-real, é uma das menores espécies de pítons do mundo. Tímida e reservada por natureza, não chega a medir nem 2 metros de comprimento.

Ela se alimenta de pequenos mamíferos.

Jiboia da Argentina (Boa constrictor occidentalis)

A jiboia argentina é uma das oito a 10 subespécies do gênero Boa constrictor. Ela tem como característica ser relativamente pesada e poder chegar a 3 metros de comprimento.

Suas escamas exibem tons variados de cores. Enquanto algumas exibem uma aparência escura, quase enlameada, outras mostram um padrão claramente contrastante - com tons rosas e marrons, por exemplo.

Elas se alimentam de pequenos mamíferos.

Periquitamboia (Corallus caninus)

.

Divulgação/NatGeo
Periquitamboia (Corallus caninus) - Divulgação/NatGeo

Essa serpente não é indicada para quem está pensando em criar cobras pela primeira vez. A periquitamboia exige cuidados mais atenciosos que as demais da lista.

Essa serpente é predominantemente verde e pode chegar a medir até 2 metros de comprimento.

A periquitamboia se alimenta de pequenos mamíferos.

Pesquise antes

Antes de comprar uma cobra, faça uma pesquisa para saber as necessidades dela. Você pode saber o básico para a criação de uma cobra aqui.

Comentários

Últimas notícias