COLUNA MOBILIDADE

França planeja pagar até R$ 16.800 na troca de carro velho por bicicleta

Além de ousada, a iniciativa propõe uma solução diferente da que vinha sendo disseminada nos últimos anos no mundo de estimular os veículos elétricos

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 12/04/2021 às 18:19
Notícia
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Iniciativa defende que a solução não é tornar os carros mais verdes, mas simplesmente reduzir a quantidade deles - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

Um carro velho e poluente poderá valer até 2.500 euros (R$ 16.800) na compra de uma bicicleta nova - podendo ser o modelo convencional ou o elétrico). Esse é o plano de incentivo da França, que acaba de aprovar em primeira votação no parlamento francês uma lei com essas regras.

Confira o especial multimídia ELES SÓ QUERIAM PEDALAR

Confira o especial multimídia O EXEMPLO DE FORTALEZA

Além de ousada, a iniciativa propõe uma solução diferente da que vinha sendo disseminada nos últimos anos no mundo - com ainda mais força durante a pandemia - de estimular os veículos elétricos, carros e ônibus. É um discurso diferente da lógica de incentivar carros mais limpos. E poderá fazer da França o primeiro país a subsidiar a troca de carros por bicicletas.

Pelas informações da mídia francesa, a inclusão da bicicleta entre os beneficiários do plano de renovação de frota francês é uma conquista dos ativistas da Federação de Usuários da Bicicleta (FUB). A entidade defende que, pela primeira vez, foi reconhecido que a solução não é tornar os carros mais verdes, mas simplesmente reduzir a quantidade. A troca estava prevista numa emenda a um projeto de lei sobre o clima que busca reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 40% em 2030 em relação aos níveis de 1990.

Comentários

Últimas da Coluna

Últimas notícias