COLUNA MOBILIDADE

Mortos, feridos e até desrespeito ao uso do cinto de segurança nas estradas no feriado de São João em Pernambuco. Confira os números

Apesar de altos, os números não podem ser comparados com 2020 porque, segundo a PRF, não houve uma operação semelhante no ano passado, o primeiro da pandemia de covid-19

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 28/06/2021 às 12:27
Notícia
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Além dos eventos de trânsito, chamou a atenção da PRF o desrespeito de alguns motoristas a regras antigas e já consolidadas entre a população, como o uso do cinto de segurança - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Pernambuco informou que registrou 49 sinistros de trânsito (a denominação não é mais acidente. Entenda a razão) nas 11 rodovias federais que cortam o Estado durante o feriadão de São João. Foram 32 feridos e três mortos. Apesar de altos, os números não podem ser comparados com 2020 porque, segundo a PRF, não houve uma operação semelhante no ano passado, o primeiro da pandemia de covid-19. O Estado, inclusive, estava em lockdown na época.

BR-232 em Pernambuco: Menos desarrumada, mas ainda perigosa

BR-232 será totalmente reconstruída em 2021

Você sabe o que são rodovias que perdoam?

Não é mais acidente de trânsito. Agora, a definição é outra nas ruas, avenidas e estradas do Brasil

Além dos eventos de trânsito, chamou a atenção da PRF o desrespeito de alguns motoristas a regras antigas e já consolidadas entre a população, como o uso do cinto de segurança. Segundo os dados dos rodoviários federais, 173 autuações pelo não uso do cinto de segurança foram registradas. Sendo 71 condutores e 102 passageiros. Outros 17 motoristas foram autuados por dirigir alcoolizado, sendo um deles detido por exceder o limite que caracteriza o crime de alcoolemia e resulta em detenção e pagamento de fiança.

FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia operação na quinta-feira (1º/4) e, com a flexibilização das restrições, já espera um movimento a mais nas BRs, especialmente na 232 - FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM

As ultrapassagens indevidas e que provocam muitos dos sinistros de trânsito fatais nas estradas resultaram em 138 notificações. A operação da PRF nas BRs começou na quarta-feira (23/6) e seguiu até o domingo (27/6), com foco maior nas rodovias BR-232, a de maior movimento porque é o eixo rodoviário de ligação da capital com o interior do Estado, e BR-101, acesso ao litoral pernambucano. Segundo a PRF, a movimentação de veículos na BR 232 foi intensa na quarta-feira e no domingo, tanto na saída para o interior como no retorno para a capital.

Entre os eventos de trânsito, o mais grave aconteceu na quinta-feira (24/6), em Lajedo, no Agreste do Estado. O motorista de um carro teria acessado a contramão da BR-423, que corta o município, e colidido de frente com um caminhão. O condutor do veículo de passeio faleceu no local e o motorista do veículo de carga não se machucou. O caminhoneiro realizou o teste do bafômetro e o resultado indicou que ele não havia consumido bebida alcoólica. Além da PRF, a Polícia Civil esteve no local e vai investigar o caso.

PRF/DIVULGAÇÃO
A operação da PRF nas BRs começou na quarta-feira (23/6) e seguiu até o domingo (27/6) - PRF/DIVULGAÇÃO
PRF/DIVULGAÇÃO
As ultrapassagens indevidas e que provocam muitos dos sinistros de trânsito fatais nas estradas resultaram em 138 notificações - PRF/DIVULGAÇÃO
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Apesar de altos, os números não podem ser comparados com 2020 porque, segundo a PRF, não houve uma operação semelhante no ano passado, o primeiro da pandemia de covid-19 - FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Condições estruturais da BR-232 para o feriado da Semana Santa. - FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM

Comentários

Últimas notícias