Opinião

Ciro Nogueira no Planalto é o Centrão entrando com o pé e a mão no governo de Bolsonaro

O senador é, atualmente, um dos mais influentes líderes do centrão - esse ajuntamento fisiológico de partidos políticos que dá apoio a qualquer governo que esteja de plantão

Romoaldo de Souza
Romoaldo de Souza
Publicado em 22/07/2021 às 6:33
Análise
EDILSON RODRIGUES/AGÊNCIA SENADO
Ciro Nogueira é o novo ministro da Casa Civil - FOTO: EDILSON RODRIGUES/AGÊNCIA SENADO
Leitura:

O Centrão, o ministro Onyx Lorenzoni e dona Eliane Nogueira não têm do que reclamar do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), pelo menos para eles, já que a geração de emprego está a todo vapor.

Mas antes de falar dos novos empregados, vou lhe fazer um desafio, meu caro leitor: você sabe em quem votou para senador da República? Você saberia dizer quem são os suplentes dos senadores Jarbas Vasconcelos (MDB), Humberto Costa (PT) e Fernando Bezerra Coelho (MDB)? Você sabia que cada senador tem dois suplentes, como se fossem dois reservas?

Pois no Piauí, quem votou em Ciro Nogueira (PP) para ocupar uma cadeira de senador, também escolheu a empresária Eliane Nogueira como suplente. Até aí tudo bem, não fosse um detalhe. É que na manhã de 21 de novembro de 1968, na cidade de Pedro 2º (PI), Eliane dava à luz ao rechonchudo Ciro. Hoje ele é senador da República e a mãe, sua primeira suplente.

Ciro Nogueira é, atualmente, um dos mais influentes líderes do centrão - esse ajuntamento fisiológico de partidos políticos que dá apoio a qualquer governo que esteja de plantão. Agora, Ciro Nogueira recebeu convite e deve ser entronado no posto de ministro chefe da Casa Civil. Eliane, sua mãe, vai ser senadora.

A chegada de Ciro Nogueira no Palácio do Planalto é o Centrão entrando com o pé e a mão no governo de Bolsonaro. Logo Ciro Nogueira, que em 2018 votou em Fernando Haddad (PT), chamou Bolsonaro de fascista e disse que Luiz Inácio Lula da Silva tinha sido um grande presidente.

Com os movimentos internos no Palácio do Planalto, pode ser que o presidente Bolsonaro tenha de remanejar do cargo o amigo Onyx Lorenzoni. A alternativa seria a criação do Ministério do Emprego e da Previdência.

Ciro Nogueira e o Centrão, dona Eliane Nogueira e Onyx Lorenzoni são testemunhas vivas de que o governo Bolsonaro está empenhado na geração de empregos, nem que seja para eles.

Pense nisso!

Comentários

Últimas notícias