TJPE vai solicitar aumento do número de policiais cedidos pelo Governo de PE

Raphael Guerra
Raphael Guerra
Publicado em 18/02/2020 às 8:12
Houve aumento de quase 10% no número de policiais cedidos. Foto: JC Imagem/Arquivo
Houve aumento de quase 10% no número de policiais cedidos. Foto: JC Imagem/Arquivo
Leitura:
[caption id="attachment_6234" align="alignnone" width="748"]"" Houve aumento de quase 10% no número de policiais cedidos. Foto: JC Imagem/Arquivo[/caption]O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) vai solicitar um reforço de quase 10% no número de policiais militares que fazem a segurança dos fóruns e dos desembargadores da mesa diretora. A lei, que autoriza o aumento do efetivo, precisará passar por votação na Assembleia Legislativa e pela sanção do governador Paulo Câmara. (O post foi corrigido e atualizado às 17h desta terça-feira)Se aprovada, o efetivo passará dos atuais 75 para 82 policiais militares lotados na Assistência Policial Militar e Civil do TJPE. Quatro PMs vão fazer a segurança do corregedor geral de Justiça, o desembargador Luiz Carlos Figueiredo. Um policial ficará responsável pela vigilância do 1º vice-presidente do tribunal, Eduardo Paurá, e outro para o 2º vice-presidente, Cândido Saraiva. Outro PM será lotado na Escola Judicial, responsável pela coordenação e fiscalização do policiamento ostensivo.O número de policiais civis cedidos ao TJPE também deverá ser ampliado. Passará de sete para 12 profissionais. Segundo o tribunal, dois civis serão lotados no Núcleo de Divisão de Investigação e Apuração no Fórum do Recife. Outros três atuarão nas investigações preliminares determinadas pelo Presidente da Comissão de Segurança Institucional.LEIA TAMBÉMDe cada 100 policiais militares, 5 estão cedidos para outros órgãosPor causa de assaltos, TJPE autoriza cartório em Jaboatão a fechar mais cedo

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias