Segurança

Sem Carnaval, policiais são escalados para operações contra homicídios em Pernambuco

O foco da SDS será em 12 áreas consideradas mais violentas no Estado em 2020

Raphael Guerra
Raphael Guerra
Publicado em 01/02/2021 às 18:28
Notícia
DIVULGAÇÃO/PCPE
Polícias Militar, Civil e Científica, além do Corpo de Bombeiros participam da operação - FOTO: DIVULGAÇÃO/PCPE
Leitura:

Sem Carnaval neste ano, por causa da pandemia da covid-19, a Secretaria de Defesa Social (SDS) decidiu manter o investimento com jornadas extras de trabalho das forças de segurança que tradicionalmente é feito nas prévias e dias oficiais de folia. E por um motivo simples: a necessidade de realizar operações para combater as organizações criminosas especializadas em homicídios. No ano passado, houve aumento de 8,4% nas mortes violentas em Pernambuco em relação a 2019. 

De acordo com a SDS, a operação integrada envolve um total de 55.853 postos ou jornadas de trabalho das polícias Civil, Militar, Científica e do Corpo de Bombeiros. Os plantões extras, que começaram no mês passada, irão se estender até 31 de março. O foco será em 12 áreas consideradas mais violentas no Estado em 2020. 

As seguintes áreas estão recebendo o reforço: AIS4 (Várzea), AIS5 (Apipucos), AIS6 (Jaboatão dos Guararapes), AIS7 (Olinda), AIS8 (Paulista), AIS10 (Cabo de Santo Agostinho), AIS11 (Nazaré da Mata), AIS12 (Vitória de Santo Antão), AIS13 (Palmares), AIS14 (Caruaru), AIS18 (Garanhuns) e AIS26 (Petrolina). 

Comentários

Últimas notícias