Segurança

Governo de Pernambuco reconhece que cursos de formação das polícias não têm previsão

Aprovados em concursos da segurança pública fizeram protesto na manhã desta quinta-feira (08)

Raphael Guerra
Raphael Guerra
Publicado em 08/04/2021 às 17:05
Notícia
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Aprovados em concursos na área de segurança pública de Pernambuco fizeram protesto em frente ao Palácio do Campo das Princesas - FOTO: TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Leitura:

Após protesto de um grupo de aprovados em concursos da segurança pública, que aguardam convocação, na manhã desta quinta-feira (08), o governo de Pernambuco decidiu se pronunciar sobre o assunto. Os cursos de formação para as polícias Civil, Militar, Científica e também do Corpo de Bombeiros estavam previstos para ter início neste mês de abril. No entanto, segundo comunicado enviado à imprensa, não há mais uma data confirmada.

"A Secretaria da Casa Civil de Pernambuco informa que uma comissão formada por representantes dos aprovados em concurso da Polícia Militar foi recebida no Palácio do Campo das Princesas, pelo secretário-executivo de Articulação e Acompanhamento, Eduardo Figueiredo, e pelo gerente-geral de Articulação e Integração Institucional e Comunitária da Secretária de Defesa Social (SDS), coronel Ivanildo Torres. O secretário-executivo e o gerente-geral, por sua vez, explicaram que, em virtude do agravamento da pandemia do coronavírus em março deste ano, o andamento do cronograma de convocação está sendo reavaliado. A análise se mostra necessária para que haja total segurança dos participantes e respeito aos protocolos de convivência com a Covid-19", informou a nota oficial. 

Ainda no texto divulgado, o governo do Estado diz que ficou acordado que haverá uma nova reunião entre os gestores e a categoria no próximo dia 20, para discussão do assunto.

PROMESSA

Segundo a previsão inicial, 750 aprovados no concurso da Polícia Militar começariam o curso de formação de soldados, em abril deste ano - deve durar seis meses. Também neste mês, 60 seriam convocados para curso de oficial. Já em janeiro de 2022, está prevista a convocação de mais 700 pessoas para a segunda turma de soldados.

No Corpo de Bombeiros, 100 começariam o curso de formação em abril. A duração será de sete meses. Vinte também seriam convocados para curso de oficial, com duração de 12 meses. Já em janeiro de 2022, mais 100 serão convocados para curso de formação.

Na Polícia Civil, 50 aprovados seriam convocados para formação em delegado a partir de abril. Duração do curso é de quatro meses. Em abril de 2022, mais 50 convocações.

Por fim, na Polícia Científica, seriam 50 aprovados que farão curso para médico legista. Duração de quatro meses, contados a partir de abril. E 45 pessoas farão curso para auxiliar de perito.

Comentários

Últimas notícias