VIOLÊNCIA

Mais de 10 pessoas são mortas por dia em Pernambuco. Aumento chega a 16,5% em 2022

No último mês de março, Pernambuco somou 346 homicídios. É o pior resultado desde maio de 2020

Raphael Guerra
Cadastrado por
Raphael Guerra
Publicado em 18/04/2022 às 7:00 | Atualizado em 18/04/2022 às 8:55
ALEX OLIVEIRA/JC IMAGEM
Em apenas três meses, Pernambuco já acumula 965 homicídios - FOTO: ALEX OLIVEIRA/JC IMAGEM
Leitura:

Somente nos três primeiros meses de 2022, Pernambuco já acumula 965 homicídios. Isso significa que, em média, 10,7 pessoas foram mortas por dia. Os dados, divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS), são ainda mais preocupantes porque revelam aumento de 16,5% em relação ao mesmo período de 2021, quando 828 assassinatos foram confirmados.

No último mês de março, Pernambuco somou 346 homicídios. É o pior resultado desde maio de 2020, quando 351 pessoas foram mortas. Em comparação com março de 2021, o aumento foi de 26,7%. Foram 73 assassinatos a mais.

Uma das vítimas da violência foi a menina Heloysa Gabrielly, de 6 anos, que foi baleada durante perseguição de policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope)a um suspeito que estava numa moto na comunidade de Salinas, em Porto de Galinhas, Litoral Sul de Pernambuco. A morte ocorreu na tarde do dia 30 de março. A Polícia Civil ainda não esclareceu quem atirou na menina.

Por meio de nota, a Secretaria de Defesa Social (SDS) comentou o crescimento dos homicídios. "Mapeamos as áreas que apresentaram aquecimento das manchas criminais no 1º trimestre, intensificamos a atuação nesses focos e já percebemos uma reversão de cenário em diversas Áreas Integradas de Segurança, a exemplo da AIS-10 (Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca), onde mantemos a Operação Porto Seguro, responsável pela garantia da tranquilidade nessa importante região do Litoral Sul. Vamos manter o combate às facções criminosas. Mais de 80% dos homicídios têm como motivação o tráfico de drogas, e manteremos forte o trabalho de desarticulação e descapitalização desses grupos."

CAPITAL

A SDS não divulgou o número de homicídios por região do Estado, como habitualmente faz. Disse, porém, que no Recife houve redução. O balanço do primeiro trimestre deste ano mostra que ocorreram 136 homicídios na capital pernambucana, ou seja, 8,72% a menos do que no mesmo período de 2021, quando houve 149 casos notificados.

Comentários

Últimas notícias